9 de dezembro de 2019

Teatro Nathalia Timberg com Nathalia Timberg

O Rio de Janeiro foi premiado com mais um belo teatro em sua cidade. Trata-se do Teatro Nathalia Timberg, construído dentro da Escola de Atores Wolf Maya e com recursos do próprio diretor.

Nada mais justo essa homenagem para uma das mais importantes atrizes do país. Além do que, Wolf e Nathalia já trabalharam juntos em diversos trabalhos, como “Ti Ti Ti”, “Mulheres de Areia” e “O Quinto dos Infernos”. Sem contar que a amizade entre eles é tão forte que Nathalia é madrinha da atriz e diretora Maria Maya, filha de Wolf.

Conta duas salas para espetáculos. A principal, com capacidade para receber 400 espectadores, tem um palco diferenciado em formato “stadium”; já a Sala Nathalinha pode receber 100 pessoas confortavelmente. Projetado pela arquiteta Tereza Younes – que já havia trabalhado com Wolf em São Paulo, no Teatro Nair Bello –, o lugar possui ainda uma sala de espelhos para dança, um mezanino, um fosso sob o palco e quatro camarins completos.

Como ator e produtor, fico muito feliz com mais esse espaço cultural, que anda em falta na cidade. Só nos resta saber se ele será mais democrático em suas escolhas ou fará como tantos outros que só querem os grandes e caros espetáculos dentro de seus espaços. Só o tempo dirá.

Enquanto isso, esse belo teatro abriu as portas no dia 22 de janeiro com a versão brasileira do sucesso da broadway “33 Variações”, um musical erudito que narra a história de Katherine Brandt, uma estudiosa de música clássica e portadora de esclerose, que luta para terminar sua monografia sobre as 33 variações musicais de Beethoven, antes de sucumbir à doença. Sucesso há 8 anos em Nova York, a montagem marcou a despedida de Jane Fonda dos palcos da broadway .

Intercalando o século XXI ao XIX, Wolf Maya interpreta Ludwig Van Beethoven e divide o palco com Tadeu Aguiar, Lu Grimaldi, Flavia Pucci, Gil Coelho, Gustavo Engracia e mais 10 atores estudantes de arte dramática que se revezam em pequenos papéis. Wolf também é responsável pela direção.

Serviço

Local: Teatro Nathalia Timberg
Endereço: Avenida das Américas, 2000 – Freeway – Barra da Tijuca
Telefone: 3388 5864
Gênero: Musical erudito
Temporada: De 22 de janeiro até 17 de abril
Horários: Sextas e Sábados às 21h30 e Domingos às 19h
Duração: 120 min.
Classificação: 14 anos
Preço: R$ 100,00 (Plateia) – R$ 60,00 (Balcão)
Capacidade: 400 lugares

Ficha Técnica

Texto: Moyses Kaufman
Tradução: Nathalia Timberg
Concepção e direção: Wolf Maya
Elenco: Nathalia Timberg, Wolf Maya,Tadeu Aguiar, Lu Grimaldi, Flávia Pucci, Gil Coelho e Gustavo Engracia
Pianista Convidada: Clara Sverner
Pianista: Silas Barbosa
Iluminação: Aurelio De Simoni
Figurinos: Tatiana Rodrigues
Visagismo: Marcelo Dias
Direção de produção: José Luiz Coutinho
Fotos: Guga Melgar
Assessoria de imprensa: Minas de Ideias
Assistente de figurinos: Karina Cuellar
Contrarregra: Lenilson Souza
Costureiras: Maria Marli Aragão e Rosângela Santos
Alfaiates: Walmir Ferreira e Alex Leal

Por: Rodrigo Zingano

Show Full Content
Previous Literando: Eu Queria, Eu Quero
Next Musicando: Beyoncé e as Surpresas de Sua Nova Fase.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

Resenha: The 100, de Kass Morgan [Parte 2]

5 de outubro de 2018
Close