7 de dezembro de 2019

2016 não foi fácil, nem mesmo para o mundo fonográfico, ficamos órfãos de um dos maiores astros da música, o “camaleão do rock”, como era conhecido David Bowie. Para matar um pouquinho a saudade, chega aos cinemas um ano após seu falecimento e no mês de seu aniversário (ele faria 70 anos no dia 8 de janeiro) um clássico estrelado pelo cantor em 1976.

“Homem Que Caiu na Terra”, dirigido por Nicolas Roeg (de Performance-1970, A longa caminhada -1971, Inverno de Sangue em Veneza -1973 e Bad Timing- 1980) , é considerado um dos marcos da carreira de Bowie no cinema,  ganhando o prêmio de melhor ator na Academy of Science Fiction, Fantasy & Horror Films (1976), o longa também concorreu, no mesmo ano, à Mostra Competitiva, no Festival de Berlim.

Na trama, baseada no livro de Walter Tevis, Bowie vive o alienígena Thomas Jerome Newton,  que vem à Terra em busca de água para salvar seu planeta. Na pele de um empresário, ele usa tecnologias avançadas para conseguir dinheiro e construir a nave que o levará de volta para casa. No entanto, percebe que a tarefa não será tão fácil pois terá de lidar com a dura competição do mundo dos negócios e às tentações terráqueas, da qual não está acostumado.

O filme é uma consagrada ficção científica cult e acaba de ganhar sua versão restaurada tendo estreia prevista nos cinemas brasileiros no dia 12 de janeiro de 2017.

Por Bruna Tinoco

Show Full Content
Previous As novidades da TV para 2017!
Next Carrie Fisher: Além da princesa

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

Crítica: Rúcula Com Tomate Seco

29 de novembro de 2017
Close