Quando Parei de Me Preocupar com Canalhas, de Tiago Vieira, é um curta genial que narra a decepção do protagonista João Carlos, estrelado pelo maravilhoso Matheus Nachtergaele, com o cenário político do Brasil. O curta é uma adaptação de um HQ  homônimo, desenhado pelo cartunista Caco Galhardo para a revista Piauí.

O HQ é de 2008, mas descreve perfeitamente o que vivemos em 2016. Sem dúvida, um prenúncio no que concerne o comportamento político, doentio e alienado, de muitos brasileiros, principalmente nas redes sociais. Segundo Caco Galhardo, o tempo passa e o curta continua atual.

Em entrevista ao Tela a Tela, blog de cultura audiovisual (cinema e TV, principalmente), parceiro da Carta Capital, Nachtergaele disse que pareceu interessante falar desse desencanto com a política por causa de uma perda de informação.

“As notícias não são mais sinceras, elas são emocionadas. E também não são isentas, são todas tendenciosas. É muito difícil uma pessoa entender o que está acontecendo na política hoje em dia”.

A narração do curta, em espanhol, foi um componente que valorizou a obra. Uma voz crítica, de quem tem na ponta da língua muitas opiniões sobre os pseudos politizados, cujas discussões são rasas e somam-se ao estresse altíssimo de quem apenas reproduz:

“Bem-vindo ao mundo real, amigo!Um mundo dos que só reclamam, mas não fazem porra nenhuma. E o pior, se achando politizado, útil, importante. Um pseudo taxista no êxtase da crítica sociopolítica.Coitado. Na boa, vai se tratar”

O roteiro é de Fabricio Ide e Tiago Vieira. No elenco principal, além de Nachtergaele, temos Paulo Miklos e Otto Ferreira. Detalhe importante, o curta foi produzido com financiamento coletivo, via Catarse. Ganhou o troféu de melhor filme no Festival de Curtas de Brasília e o prêmio Kikito de roteiro e melhor ator na última edição do Festival de Gramado.

Sinopse: João Carlos se acha politizado, mas começa se dar conta de que vem se tornando tão chato quanto os taxistas da cidade. Enquanto esse fantasma o persegue e uma crise de relacionamento o leva ao fundo do poço, um surto de lucidez faz com que tome a decisão mais importante de sua vida. Se alienar.

Assista o curta na  íntegra. Ótima sessão!

Ficha técnica

Dirigido: Tiago Vieira
História Original: Caco Galhardo
Produzido: Cao Quintas, Didier Habib, Niny Ring, Patrícia Morena, Rafael Pinto
Tiago Vieira, Roteiro: Fabricio Ide e Tiago Vieira
Produção Executiva: Cassio Pardini e Pedro Gambera
Co-produção: Andréia Habib, Bruno Felsmann e Pauline Gras
Direção de Fotografia: Pablo Escajedo
Direção de Arte: Luana Pinhanez
Direção de Produção: Rafael Pinto
Montagem: Fernando Honesko e Tiago Vieira
Som Direto: Alfredo Guerra, Deby Jay e Gutu Galuppo
Trilha Sonora: Boogarins e Orkun Hicyilmaz
Elenco Principal: Matheus Nachtergaele, Paulo Miklos, Nilton Bicudo, Otto Ferreira
Sergio Pardal, Dora Smék, Richard Rivera
Produtoras: Vie Filmes, Latina Estúdio e Araruna Filmes
Có-produtora: Onirica Studios

Por Renata Ferreira

CLOSE
CLOSE