Boruto está chegando ao 25° episódio com muitas expectativas positivas. A história do filho de Naruto vem agradando fãs e críticas. Alguns até acreditam que a primeira parte do spin-off (obras criadas a partir do sucesso de outra franquia) já está melhor do que a clássica. Mas será que está mesmo? Para ajudar a entender como está sendo o processo de desenvolvimento da história de Boruto, vamos fazer algumas comparações com os 24 iniciais de Naruto clássico, sem qualquer juízo de valor.

Quem eu sou na história? 

Boruto e Naruto tem uma relação complicada durante este início de anime.

O primeiro ponto que chama atenção ao assistir Boruto é que tanto o garoto quanto Naruto precisam se afirmar em algum lugar na história. No início da obra clássica, o personagem principal buscou várias maneiras de ser reconhecido pelos habitantes da vila onde morava. Ele pichava o monumento dos Hokages, que lembra o Monte Rushmore, nos Estados Unidos, e até roubou um pergaminho com técnicas proibidas. Já em Boruto, o personagem precisa tirar o estigma de sempre ser visto como o filho do Hokage, e não como uma criança como qualquer outra. Ambos lutam para criarem suas próprias identidades – sem contar uma pequena briga por atenção.

Amizade e Família

Em comparação ao Naruto, Boruto é muito mais próximo dos amigos.

Este é um ponto que tem uma explicação óbvia. Naruto não tinha amigos, era uma criança excluída da vila e de todos. Ninguém queria ficar perto e essa amizade com outros personagens demorou a acontecer. Já Boruto vive num contexto diferente. O mundo está em paz, as crianças são amigas, não existe esta exclusão, logo, as relações são muito mais próximas. Em relação à família, como Naruto não conheceu os pais, a construção desta parte ficou mais por conta da ausência deles. Assim como Sasuke que perdeu todos membros de sua família mortos pelo irmão. Em Boruto, é possível perceber a família dos personagens muito mais presente na história, tendo sua relevância, seja na construção da identidade das crianças ou mesmo para fazer figuração na história.

Construção dos personagens

Boruto, Sarada e Mitsuke serão um trio na história.

Em Naruto, a história fica muito focada no personagem principal e a relação que ele forma com Sasuke e Sakura, seus companheiros de equipe. E isso aconteceu pela agilidade na história em formar equipes e colocar os jovens em confrontos. Em Boruto, é totalmente diferente. Os personagens que apareceram até agora estão sendo bem construídos, sendo apresentado um pouco da personalidade principal de cada um. Além do mais, ainda não foram definidas as equipes. Isso vai ajudar a entender as características dos membros de cada time. Até o momento, tivemos histórias que, por mais que se pareçam bobas, ajudam a entender o pensamento de cada um dos personagens, a relação com seus pais e com os próprios amigo. Algo que em Naruto demorou muito para ocorrer.

A ambição dos personagens

Sasuke queria se vingar do irmão por ter matado a família deles.

É curioso ver que os personagens da série possuem ambições bem diversas, menos pesadas do que os tradicionais desejo de vingança ou poder, que marcam boa parte das obras de estilo Shonen (é um estilo voltado mais para histórias de ação com personagens masculinos geralmente protagonizando). Em Naruto, o jovem ninja queria ser Hokage para deixar de ser tratado como um estranho e ganhar reconhecimento. Sasuke queria se vingar do seu irmão que matou sua família. Em Boruto, o garoto loiro quer ser um grande ninja totalmente diferente do pai. Já Sarada quer ser Hokage para proteger as pessoas. Sakura e Mitsuke tem ambições particulares que foram ou serão melhor exploradas mais à frente.

Arcos

A busca de Boruto para salvar Sumire marcou o 1° arco do anime.

Este ponto é um dos mais importantes para entender as diferenças entre uma obra e outra. Durante os 25 episódios iniciais, Naruto se envolveu, de fato, em dois conflitos em que ele acabou sendo o foco. A luta no primeiro episódio e a batalha contra Zabuza. Já Boruto se envolveu em um grande confronto, contra Sumire. Esta parte foi importante para mostrar que Boruto e Naruto são muito parecidos quando o assunto é amizade. Depois disso, há um pequeno arco especialmente dedicado à Sarada, algo que não aconteceu Sasuke, no início da obra clássica. Este arco foi importante porque ajudou a apresentar as fraquezas nos relacionamentos da nova família Uchiha, a ausência de Sasuke na criação da filha, o desenvolvimento do Sharingan de Sarada, além dos velhos e novos inimigos que apareceram. Em alguns episódios, acrescentou mais informações que em muitos do clássico. Vale ressaltar que o ritmo do desenvolvimento da história é diferente. Enquanto em Naruto havia muitos flashbacks e alguns diálogos desnecessários, em Boruto, as coisas acontecem de forma muito dinâmica, fazendo com que os fatos da história se conectem de forma mais rápida.

E você, o que acha? Os primeiros episódios de Naruto e Boruto são mais próximos ou diferentes? Achou mais algum ponto interessante entre as obras? Deixe seu comentário, e vamos aguardar os próximos capítulos de Boruto.