Adaptações de livros, boas ou ruins, brotam nas telas do cinema de tempos em tempos. Em 2017 tivemos algumas muito faladas, como “Boneco de Neve”, “Extraordinário” e “A Cabana”. Também temos obras brasileiras que viraram filme, como “Meu pé de Laranja Lima” e “O Escaravelho do Diabo“.

Apesar do constante risco de não agradar ao público exigente (principalmente se a maior parte for de leitores), essas adaptações sempre despertam a curiosidade de quem leu ou pretende ler a obra adaptada. Por isso, no Bookland de hoje, trazemos uma lista só de livros brasileiros que renderiam boas adaptações. Confira a lista e veja se concorda:

Bola de Gude – Leir Moraes

Mais uma vez, Bola de Gude entra em cena aqui no Bookland. Esse livro já foi resenhado aqui e renderia um filme emocionante. A obra de Leir Moraes conta a história de dois garotos de classes sociais muito diferentes, porém numa idade em que a amizade não possui esse tipo de barreira, pois os dois só se preocupam em ser criança. O interessante dessa história fala sobre essa amizade de uma maneira mais profunda. Não só pela diferença de classes, mas pelo modo como cada um enxerga a vida – de acordo com o modo que é tratado em casa, pela família – e como isso influenciará no futuro de cada um. As expectativas sobre o futuro é um tema abordado de maneira muito interessante, e no leva a acontecimentos de deixar com a voz embargada.

Os livros da Série “Os Karas” -Pedro Bandeira

Seis Livros sobre o grupo de amigos que já fez muito sucesso aqui no Brasil, criados pelo grande autor Pedro Bandeira. Imagine a possibilidade de seis adaptações nas nossas telonas? O primeiro e mais famoso, “A Droga da Obediência”, conta a história de um grupo de amigos, autodenominados “Os Karas” que se reúne para investigar um grande mistério que está acontecendo no colégio onde estudam. Durante a investigação, descobrem que o perigo é maior do que imaginavam e passam a correr sérios riscos.

Imagine acompanhar as aventuras e desventuras de Miguel, Crânio, Clú, Chumbinho e Magri nessa e em mais cinco histórias? São elas: “Pântano de Sangue”, “Anjo da Morte”, “A Droga do amor”, “Droga de Americana!” e “A droga da Amizade”. Esse último é o desfecho da série, que conta como nasceu a amizade entre o grupo e no que eles se tornaram depois de adultos.

Todos os livros da série possuem mistérios igualmente intrigantes que prendem a atenção do leitor e com certeza daria bons roteiros para o cinema.

Mais Leve Que o Ar – Felipe Sali 

Um romance entre um jovem casal em meio a um cenário de fantasia medieval, a invenção de uma máquina voadora que vira objeto de cobiça aos olhos de homens poderosos que desejam usá-la para a guerra, personagens inspirados em figuras da história do Brasil? Temos! Tudo isso é encontrado na obra de Felipe Sali, um jovem autor que conquistou muitos fãs e lançou a versão física de sua obra em 2016. Imagina essa trama toda em um filme? Seria muito interessante de se ver.

Descanse em Paz, meu amor – Pedro Bandeira

Para os fãs do terror, mais uma vez temos Pedro Bandeira. O autor no apresenta a outro grupo de adolescentes em uma abordagem mais sombria. Os jovens aventureiros decidem escalar uma montanha, porém, são pegos por uma violenta tempestade que derruba a única ponte queos separa da cidade. Sem alternativa, eles se vêem isolados em um casarão abandonado, onde o medo domina os corações e a mente de todos em meio aos ruídos estrondosos dos trovões. Esse clima apavorante com certeza seria interessante de ver nas telonas.

E você, é fã de algum autor brasileiro que gostaria de ver ganhando espaço no cinema? Conta pra gente!