O primeiro dia de Rock in Rio deu o que falar. Foram muitas as surpresas que agradaram, outras nem tanto o público. Com um line-up mais voltado para o gênero pop, o dia 15 de setembro era marcado pela presença da cantora Lady Gaga que cancelou sua apresentação um dia antes. A cantora possui fibromialgia, e vem sofrendo com fortes dores por todo o corpo. Devastada, como ela mesma disse em seu instagram, prometeu aos fãs brasileiros que voltará em breve com um super show. Os fãs não a deixaram de fora da festa, por diversas vezes em momentos diferentes do dia, a música “Bad Romance” foi cantada, não só pelo público, mas também por Ivete Sangalo,.

Mas é claro que no primeiro dia de festival o Palco Mundo não poderia ficar sem uma atração principal. O público pediu e fez barulho nas redes sociais para que a cantora Anitta subisse ao palco, mas a banda Marron 5 foi quem fez as honras da casa. Com um show de aproximadamente duas horas, o grupo cantou seus maiores hits, e o vocalista Adam Levine cantou a clássica “Garota de Ipanema” de Tom Jobim.

Apesar de terem levantado um pouco o público, não foi a atração principal que ganhou destaque. A melhor apresentação do dia foi da cantora Pabllo Vittar que transbordou em carisma e felicidade ao lotar a tenda Itaú. O público era tão grande que quem estava muito atrás do palco não conseguia ouvir a cantora. Dentro da tenda o sentimento era de satisfação com a surpresa que foi anunciada horas antes da apresentação. Com seus sucessos “Sua Cara” e “Open Bar” houve correria das pessoas para não perder o show que aglomerou mais gente que o Palco Sunset no momento.

Outro momento importante foi quando a modelo Gisele Bundchen abriu as apresentações do Palco Mundo com seu discurso emocionado a favor da natureza e da paz mundial. A top, que pela primeira vez participou do festival de música e entretenimento, ressaltou a importância do Amazonia Live, projeto social do festival que planeja plantar 1 milhão de árvores em área desmatada da Floresta Amazônica. Em seguida ela cantou so lado de Ivete Sangalo a música “Imagine” de John Lennon que levou o público a delírio.

“Eu estou aqui porque sou movida a sonhos. Eles inspiram e guiam a minha vida. Acredito que sonhos só se tornam realidade com perseverança, foco e dedicação”, falou no início do discurso. “A gente vai transformar o mundo. Se somos todos capazes de imaginar, também somos capazes de criar. Então, imagine o mundo em que você quer viver e imagine que já estamos vivendo nele. Imagine” – Gisele Bundchen no Rock in Rio.

Mas Ivete Sangalo não ficou por baixo, com um dos melhores shows da noite, a cantora tirou o público do chão com sua energia inatingível. Mesmo grávida de gêmeas ela não perdeu o fôlego. Brincou, se divertiu e exalou felicidade ao público que correspondeu a altura. Com suas músicas antigas e, também, com a nova “À vontade” fez um espetáculo repleto de brilho, luz, e bailarinos ensaiados pelos coreógrafos da comissão de frente da Grande Rio.

No Palco Sunset, uma super homenagem ao Samba fez o público sambar e cantar com diversos mestres da música brasileira. Criolo, Roberta Sá, Alcione, Martinália, Martinho da Vila, Jorge Aragão e Monarco da Portela cantaram clássicos do samba brasileiro como “Eu sou o samba” e “Coração em desalinho”. A cor azul foi a escolhida para abrilhantar a noite.

O Rock in Rio é um evento de grande porte para milhões de pessoas. Diversas outras atrações fizeram parte do primeiro dia de evento, sendo quase impossível assistir a todas. O novo espaço do Parque Olímpico é muito maior que o anterior e permitiu a inserção de novos palcos e stands. Para os próximo dias ainda aguardamos novas surpresas.