Essa semana nós, da UBooks, preparamos uma listinha com os 10 livros mais queridinhos dos amantes das artes. Então, para você que tem a Arte no DNA, tire um tempinho pra se deliciar com as nossas sugestões.

1. “O que é arte?”, de Leon Tostói

O livro traz a polêmica visão de Leon Tolstói, autor muito conhecido também pelos clássicos “Guerra e paz” e “Anna Karenina”. Ele escreveu vários ensaios sobre temas ligados à justiça social, à religião e à moralidade, que culminaram no livro “O que é arte?”. Para Tolstói, a boa arte deve comunicar bons sentimentos ao invés de mostrar o que é belo, pois ambos são contraditórios e não podem conviver em harmonia. O bem é eterno e a beleza é temporária. Ele queria purificar a arte de todos os sentimentos não bons, todos os mistérios falsos e escravizantes, tudo que é ambíguo, irracional, contraditório. A obra demorou quinze anos para ser concluída e faz parte de uma série de livros e tratados polêmicos na qual o autor expõe suas ideias na tentativa de influenciar e transformar a sociedade na qual vivia. O texto é entremeado por imagens que ajudam na compreensão do que é abordado. Um clássico imperdível.

2. “A história da arte”, de E. H. Gombrich

Este é um dos mais populares livros do historiador Ernest Hans Josef Gombrich. Na obra, o leitor é apresentado aos estilos e aos artistas mais importantes desde a pré-história, quando o homem produzia pinturas nas paredes das cavernas, até o século XX, período no qual a arte chamada experimental ganhou destaque. Esta introdução ao mundo da arte, mostra como passado e futuro aparecem nas obras de cada artista. Vemos como algumas tradições foram abandonadas e novas estéticas concebidas com o desenrolar da História. Com quase 700 páginas, o livro pode ser evitado por alguns justamente por esse motivo. Mas com certeza o leitor que tomar a iniciativa de ler, será surpreendido com a leitura bastante agradável, com vocabulário simples e sem rodeios. Sem falar nas belas imagens que acompanham os apontamentos do autor.

3. “Tudo sobre Arte”, de Stephan Farthing e Richard Cork

O livro apresenta as principais produções artísticas da humanidade. Começa pelas pinturas rupestres e esculturas pré-históricas, passa pela arte egípcia, isso sem deixar de lado as gravuras japonesas do século XIX e as vanguardas europeias que viriam anos mais tarde. Os autores esmiúçam o uso das cores, as inovações técnicas e as metáforas presentes nas pinturas, esculturas e até mesmo as artes performáticas selecionadas por eles. O leitor ainda conhece o contexto sociocultural através de produções que abordam os principais acontecimentos do período que motivaram ou influenciaram estas obras. São 576 páginas com uma atrativa introdução às artes, mostrando este panorama histórico e mais de 1.000 ilustrações em uma diagramação que facilita a leitura.

4. “Arte Moderna”, de Giulio Carlo Argan

Um clássico da História da Arte. É assim que esse livro pode ser considerado após mais de 4 milhões de cópias vendidas ao redor do mundo. O autor, Giulio Carlo Argan foi um importante crítico e historiador. Foi o último representante de uma grande tradição crítica no que se corresponde aos movimentos modernos da arte. Ele via a arte como um fenômeno histórico e, por isso, tentava encontrar o sentido das grandes obras através dos fatos ocorridos no período de sua produção.
Argan dedicou as mais de 700 páginas desta edição para abordar as transformações pelas quais a arte passou desde o Iluminismo até chegar aos Movimentos Contemporâneos do final do século XX. O desaparecimento do artesanato, de que a arte era guia e modelo, e o surgimento da produção industrial, que se baseia sobre outros princípios, pode muito bem determinar o fim da arte como atividade culturalmente relevante. Este dilema é o foco da narrativa de “Arte moderna.”

5. “Isso é arte? 150 anos de arte. Do impressionismo até hoje”, de Will Gompertz

Durante parte do século XX, o grande público não compreendia porque peças como “Fonte” de Marcel Duchamp, eram consideradas obras de arte. Mas, algumas décadas depois, este ponto de vista mudou. E o que mudou? É esta questão que o autor Will Gompertz discute nas 446 páginas deste livro.
Original e irreverente, “Isso é arte?” Leva o leitor a uma divertida viagem através de mais de 150 anos de arte moderna, do impressionismo até os dias de hoje.
Com estilo envolvente, ótimo texto e um muito senso de humor, ele conta a história dos movimentos, dos artistas e das maravilhosas obras de arte que se destacaram por ajudarem a criar e definir o mundo moderno, mudando assim a arte para sempre. Da série dos nenúfares de Monet aos girassóis de Van Gogh e das latas de sopa de Andy Warhol ao tubarão em conserva de Damien Hirst. Fique sabendo as histórias por trás das obras-primas, conheça os artistas e descubra do que realmente se trata a arte moderna.

6. “A definição de arte”, de Umberto Eco

Um grande ensaio sobre arte por um dos mais importantes escritores e pensadores vivos, Umberto Eco. O objeto de estudo deste livro não é simplesmente a definição da arte, mas o problema da possibilidade de uma definição da arte, da maneira como se coloca para a estética contemporânea. Eco aborda a questão dos pontos de vista a partir de alguns ensaios históricos, que retomam as definições da antiga estética indiana; por meio de alguns ensaios teóricos, que examinam também as posições dos estudiosos contemporâneos; e mediante o território das poéticas de vanguarda, para ver como e até que ponto podem ser inseridas nos quadros organizados pela estética. Estes ensaios mostram o traçado que levou o autor à noção de “obra aberta” e à pesquisa sobre os problemas da comunicação.

7. “A arte de ver a arte, de Susan Woodford”

O livro tenta desenvolver no leitor uma capacidade de enxergar a arte além da forma tradicional visual. São temas como forma e composição, geralmente não captados pelo observador leigo ao primeiro olhar, pronto para sensibilizá-lo para um melhor aproveitamento e entendimento dos detalhes que envolvem a criação e a observação de uma obra de arte.

8. “História da arte brasileira”, P. M. Bardi

Este livro reúne e explica as influências de todas as peças que formam o quebra-cabeça da arte brasileira. Desde a escultura, pintura, arquitetura, artesanato entre outras artes.

9. “As cores de Van Gough, de Claire Merleau Ponty”

Nesta obra, os leitores encontram todos os quadros de Van Gogh em meio a muita informação sobre o artista e o contexto de sua época. Ao procurar detalhes nas pinturas e se curvar sobre os mais diferentes desenhos, o leitor ganha intimidade com algumas das obras mais importantes para a história da arte.

10. “O grande livro de arte, de Susie Hodge”

Aqui o leitor vai aprender tudo sobre Arte, desde as pinturas pré-históricas até as obras contemporâneas. Além disso, vai também conhecer os detalhes das pinturas abrigadas no museu The National Gallery, de Londres, um dos mais importantes do mundo. Leia a biografia dos principais gênios da arte, descubra o impacto histórico e cultural de cada peça e saiba porque movimentos artísticos podem retratar e revolucionar uma era. Teoria da arte, fatos curiosos e projetos de criação para que você possa desenvolver seu próprio estilo.

 


Vakinha

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Erika Kohler

Jornalista (com diploma), escritora metida a cronista e decoradora. Não necessariamente nessa ordem. É uma artista múltipla! Tem a arte no DNA e por isso é amante do mundo das artes. De todas as formas: Cênicas, Visuais e Plásticas.
Carioca, já foi rata de praia, mas hoje prefere o inverno. É gateira de carteirinha e apaixonada por pinguins. Os livros fazem parte da sua vida e estão sempre por perto. Talvez tenha nascido no século errado porque ama o Vintage e o retrô. Adora assistir filmes e séries, sempre acompanhada por um baldão de pipoca. Torce para encontrar com o gato da Alice, pra ele indicar a estrada dos tijolinhos amarelos, que vai direto para a Fantástica Fábrica de Chocolate!!

Previous Crítica (2): A Noite do Jogo
Next “O primo da Califórnia – Uma Comédia Musical” estreia nesta sexta no Palcão da Unirio

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close