Connect with us

Hi, what are you looking for?

Listas

3 Personagens psicopatas que vão te fazer ficar de olhos abertos

The Following
Imagem: Divulgação/Fox

Hoje trago para vocês uma lista com os três personagens psicopatas mais atraentes em séries de TV. São caras que passariam despercebidos pela sociedade. Charmosos, talentosos e extremamente persuasivos. Será que Eduardo Borges, Joe Goldberg e Joe Carroll têm algo em comum? Vamos descobrir juntos.

Leia também: 5 Séries com Psicopatas Que Gelam a Alma

1. Eduardo Borges

Dupla Identidade
Imagem: Divulgação/Rede Globo

O primeiro da nossa lista é brasileiro. Carioca para ser mais exato. Interpretado por Bruno Gagliasso, o personagem da série “Dupla Identidade” arrancou suspiros e deixou muitas mulheres estremecidas.

Edu, na verdade é Brian Borges. Nascido nos Estados Unidos, onde matou quatro mulheres e para evitar a polícia, mudou de nome e se mudou para o Rio de Janeiro. Ele é a própria definição de psicopata: frio, manipulador e muito sádico, que se orgulha de torturar e assassinar pessoas inocentes e indefesas. Ele também é um indivíduo muito inteligente, pois foi capaz de se tornar o braço direito de um político corrupto.

Advertisement. Scroll to continue reading.

A aparência de Edu é definitivamente o que mais o ajuda a ser um assassino. Devido a sua bela aparência, ele consegue convencer as mulheres a deixá-lo entrar em suas casas ou consegue com que suas vítimas entrem em seu carro.

O modo como ele mata suas vítimas parece mudar aleatoriamente no decorrer da série. Uma possível explicação para isso é não ser identificado pela polícia. Durante seus primeiros assassinatos conhecidos, ele copiou parcialmente o estilo de um assassino em série bem famoso,Ted Bundy. Ele não era um criminoso muito organizado, pois muitas vezes deixava importantes provas para trás.

Apesar de ter múltiplas estratégias, a maioria de seus assassinatos tinha algo em comum, ele sempre conquistava a confiança de sua vítima com seu charme, para só então (na maioria das vezes) torturá-las e eventualmente matá-las, algo que poderia vincular os assassinatos. Sua vitimologia também não o ajudou, já que a maioria de suas vítimas eram mulheres jovens, o que, novamente, poderia ligar facilmente os assassinatos.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Em uma ocasião, ele percebeu que seria pego, então em uma única noite ele conseguiu matar três mulheres, todas mortas com técnicas diferentes, algo que ele nunca havia feito antes.

Será que o sedutor Edu, com sua formação em direito e por estar cursando psicologia foi pego? Assista a série no Globoplay e não fique na dúvida.

2. Joe Goldberg

Joe Goldberg Você You
Imagem: Divulgação/Netflix

O personagem Joe Goldberg, interpretado por Pen Badgley, narra a vida cotidiana do que parece ser um simples e pacífico gerente de livraria em Nova York. Sua personalidade, aparentemente, é de um simples homem apaixonado por livros, que parece ser simpático e gentil. 

Porém, no fundo, Joe é assustador. Joe não é o estereótipo do vizinho. Com certeza ele é charmoso e apresenta uma inteligência acima do comum. Mas também é um perseguidor obsessivo que mata qualquer um que atrapalhe sua maneira de estar com suas vítimas.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Você” nos apresenta Joe como uma pessoa inofensiva, enquanto seus pensamentos perturbadores estão a todo vapor. Mas esse é o ponto: pessoas perigosas nem sempre parecem assustadoras, e as consequências que vêm desses pensamentos são imensas.

Ele é desorganizado e mata no calor do momento. Ele não tem um estilo e mata pessoas que considera que possam atrapalhar seu caminho. Mas o que o trona um psicopata? Ele apresenta características de transtorno de personalidade narcisista e distúrbio de apego relacionado a trauma na infância. Isso fez com que Goldberg criasse um “personagem de convívio” para viver em sociedade. Joe é o homem perfeito: trabalhador, inteligente, simpático, sedutor. Ele consegue transmitir paz às vítimas. O verdadeiro “porto-seguro”. O personagem consegue encontrar pontos fracos em suas vítimas, stalkeando-as e seguindo todos os seus passos. Aprendendo assim tudo sobre a vida da vítima e fazendo com que elas fiquem dependentes dele – ou assim ele acha.

Sempre que algo foge do controle, ele ativa seu “modo serial-killer” para eliminar todo e qualquer obstáculo. Você acha que Goldberg sempre será o caçador? Ou será que algum dia ele se tornará caça? Assista às duas temporadas da série na Netflix para conferir.

Advertisement. Scroll to continue reading.

3. Joe Carroll

The Following Joe Carroll
Imagem: Divulgação/Fox

Interpretado por James Purefoy, o professor Joseph “Joe” Carroll é o principal antagonista da série “The Following

Joe é um assassino em série diabólico e responsável por quatorze assassinatos de mulheres. Criador de um culto de assassinos em série conhecido como Os Seguidores, ele é um homem extremamente inteligente e engenhoso que organizou sua própria fuga – bem-sucedida – da prisão e manipulou os eventos (até mesmo falhas em seu plano) para garantir seu sucesso.

Desde sua prisão, ele sabia da crescente ligação de Ryan Hardy (seu captor – interpretado por Kevin Bacon) com sua ex-esposa Claire Matthews e daí nasceu um crescente o ressentimento. No entanto, ele usou isso como combustível para encerrar seu “romance”, com Ryan como o herói, levando ao clímax que planejou. Infelizmente, Ryan o surpreendeu em vários momentos e sua história não saiu exatamente como planejado.

Carroll se inspirou nas obras de Edgar Allan Poe, o escritor do famoso poema “O Corvo” e de pequenas histórias como “O Gato Preto” e “O Barril de Amontilado“. Todos os seus crimes eram baseados em como Poe escrevia ‘torturas’ em suas obras.

Advertisement. Scroll to continue reading.

No começo, ele é encantador com todos. Lecionava literatura em uma Universidade enfatizando o período romântico, pelo qual era obcecado. Suas palestras se concentraram em escritores como Henry David Thoreau, Ralph Waldo Emerson e seu ídolo, Edgar Allan Poe.

Joe, assim como Poe, acreditava na “insanidade da arte” e que ela precisava ser “sentida” física e emocionalmente. Ele começou a criar sua própria forma de arte – eviscerar garotas de faculdade. Ele arrancava os olhos de suas vítimas em referencia à duas de suas obras favoritas de Poe: “O coração revelador” e “O gato preto” – porque Poe acreditava que os olhos eram a identidade de alguém, as janelas para a alma. Carroll comentou durante uma de suas palestras, na qual Sarah Fuller (sua última vítima) estava presente, que Poe equiparava a morte à beleza, porque segundo ele, nada era mais belo do que a morte de uma bela mulher.

São três temporadas que fazem gelar o coração. O que será que acontece com Joe Carroll e sua obcessão por Poe? Só dá para descobrir assintindo. Então pegue um balde de pipoca e venha maratonar!

Advertisement. Scroll to continue reading.

E aí? Encontrou alguma semelhança entre os personagens psicopatas dessa matéria? Siga com a Woo! Magazine para mais listas e dicas bacanas.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Professora de português / inglês e aficionada por séries e música!

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Séries/TV

A Netflix divulgou, nesta sexta-feira, 17, o trailer da terceira temporada de “Você“, que estreia no dia 15 de outubro. Desde o final da...

Listas

Sabe quando procuramos uma série na Netflix, mas não temos ideia do que assistir? Aí é uma busca interminável rolando a tela para cima...

Séries/TV

Confira o trailer de “Elize Matsunaga: era uma vez um crime” que estreia em 8 de julho Pela primeira vez após o caso, a...

Listas

Filmes e séries sobre assassinatos despertam muita curiosidade do público. Seja retratando uma história real ou não, a busca pela solução de um crime...

Advertisement