Novelas fazem parte da cultura da sociedade brasileira e da América Latina. Elas estão presentes da vida de muitas pessoas de países latino-americanos, que desde muito cedo são expostas a esses conteúdos.

Nos anos 2000, diversas novelas viraram febre entre as crianças e jovens. Conteúdos criados especificamente para esse público fizeram as meninas e meninos contarem os segundos em frente a televisão para não perderem nem um instante da novela e provocaram diversas disputas pelo controle remoto. Um exemplo inesquecível da febre que foram essas novelas foi o show da banda “RBD”, criada na novela mexicana “Rebelde”, que levou milhares de pessoas ao Maracanã, no Rio de Janeiro.

Nessa lista, relembre algumas das novelas que fizeram parte da infância dos jovens dos anos 2000.

“Rebelde”

Baseada na novela Rebelde Way, de Cris Morena (a maior autora de telenovelas para jovens), “Rebelde” foi a maior febre entre os jovens dos anos 2000. A novela conquistou milhares de fãs ao redor do mundo todo ao contar as histórias dos alunos da Elite Way School, uma escola para alunos da elite da Cidade do México. Mostrando um conteúdo dramático e cheio de romances e problemas, como relações familiares, fofocas, preconceito, corrupção e até uma seita extremista, Rebelde até hoje é muito lembrada e requisitava para voltar para a grade do SBT. Mia (Anahí), Roberta (Dulce Maria), Miguel (Alfonso Herrera), Diego (Christopher Uckermann), Lupita (Maite Perroni), Giovanni (Christian Chávez) e todos os rebeldes do Elite Way ainda são lembrados com muito carinho por todos os fãs e a banda RBD, formada pelos citados, ainda é muito lembrada e tem suas músicas cantadas por fãs até hoje.

“Malhação 11ª- temporada”

Quem não lembra da tão amada Malhação da Vagabanda? A edição foi um sucesso, fez parte da época de ouro do folhetim e ainda colocou as músicas da banda fictícia formada pelos Personagens Gustavo (Guilherme Berenguer), Natasha (Marjorie Estiano) e Catraca (João Velho) nas principais paradas musicais do país. A temporada conta a história de Letícia (Juliana Didone), menina simples, meiga e dedicada e do guitarrista Gustavo, jovem rico, rebelde e de grande coração. Os dois, que antes viviam brigando, acabam se apaixonando e enfrentam diversos desafios e empecilhos, como os planos da vilã e melhor amiga de Gustavo, Natasha, para atrapalhar o amor dos dois.  Com a presença da Vagabanda e de personagens épicos como o eterno Cabeção (Arthur Malta), Miyuki (Daniele Suzuki) e Rafa (Ícaro Silva), a 11ª temporada marcou a vida de muitos jovens brasileiros. Sem contar que a entrada ainda era ao som de “Te Levar”, do Charlie Brown Jr, que ficou muitos anos como a música tema, trazendo aquela nostalgia.

“Floribella”

Mais uma baseada em uma obra de Cris Morena. A novela estrelada por Juliana Silveira foi inspirada em “Floricienta”, obra argentina, e conta a história de Maria Flor (Juliana Silveira), uma jovem muito sonhadora e especial com um talento para a música. Ela acaba indo trabalhar na casa dos Fritzenwalden como babá das crianças e acaba se apaixonando por Frederico Fritzenwalden (Roger Gobeth), o seu frízer.  Filho mais velho, sério e responsável pelos irmãos desde o falecimento dos seus pais, Fred acaba encontrando a alegria de volta ao conhecer Flor, por quem ele se apaixona. “Floribella” teve duas temporadas e marcou a vida de várias crianças que todo dia ligavam na Band à espera do novo episódio e prontas para cantar as músicas chiclete da novelinha.

“Quase Anjos”

Novela original de Cris Morena, “Quase Anjos” teve quatro temporadas. Com uma história complexa e cheia de ensinamentos, a primeira temporada mostra a vida de jovens órfãos que foram adotados por Bartolomé Bedoya Aguero (Alejo García Pintos), que os explorava e maltratava em segredo – inclusive escondido de seu filho, Thiago (Peter Lanzani) –  e de como eles foram salvos por Cielo (Emilia Attias) e Nico (Nicholas Vázquez). Com uma mistura excelente de comédia, muito drama e romance, Quase Anjos traz um mix de emoções e shipps de arrepiar – Thiago e Mar (Lali Esposito) e seu relacionamento ping-pong nos dão uma montanha russa de sentimentos. Em cada uma das quatro temporadas um novo grande desafio e novos desafios são apresentados, sempre prendendo o espectador.

“Isa TKM”

A novelinha é a mais recente da lista, alcançando os mais jovens dos anos 2000. Ela conta a história da encantadora e atrapalhada Isabella Pasquali (María Gabriela de Faría), uma jovem sonhadora e que acaba sempre se metendo em encrenca por suas mentirinhas brancas. Junto com sua fiel melhor amiga, Linda (Micaela Castellotti), Isa faz o possível para chamar a atenção de Alex (Reinaldo Zavarce), menino por quem é apaixonada e que acaba namorando Cristina Ricalde (Milena Torres), a vilã e sua arque inimiga. “Isa TKM” (a segunda, nomeada “Isa TK+”) teve duas temporadas que fizeram um enorme sucesso.

Essas foram algumas das novelas que fizeram parte da infância de inúmeras crianças. E da sua, alguma dessas fez? Conta para a gente aqui nos comentários!


Por Carolina Sá