Terminou hoje, dia 12, o 77º Festival de Veneza, um dos maiores e mais importantes do mundo. Depois de 10 dias de exibições dos seus 60 filmes selecionados, e sem nenhum caso de infecção pela Covid-19, o evento italiano se saiu vitorioso.

Mesmo sem o desfile abundante de figuras hollywoodianas e com o número reduzido de selecionados, de convidados e de jornalistas, para, evidentemente, se adequar às exigências sanitárias, o 77º Festival de Veneza foi uma edição bem sucedida, já que conseguiu celebrar os filmes dentro das salas, onde eles são melhor degustados.

Claro que os realizadores só tiveram o respaldo das autoridades para realizar o evento porque a Itália tem atualmente baixos casos de Covid-19, mas isso não quer dizer que as apostas não foram arriscadas. No Brasil, algo parecido está totalmente fora de cogitação no momento e em um futuro próximo, infelizmente.

Em todo caso, na cerimônia de encerramento, Cate Blanchett, a presidente do Júri deste ano, entregou o Leão de Ouro de Melhor Filme para o filme norte-americano “Nomadland” de Chloé Zhao, que é estrelado por Frances McDormand e David Strathairn.

O filme é sobre uma mulher na casa dos sessenta anos que, depois de perder tudo na crise de 2008, embarca em uma jornada pelo oeste americano, vivendo como uma nômade moderna.

Veja todos os ganhadores:

Leão de Ouro de Melhor Filme:Nomadland” de Chloé Zhao

Grande Prêmio do Júri:Nuevo Orden“, de Michael Franco

Prêmio Especial do Júri:Dear Comrades!“, de Andrei Konchalovsky

Leão de Prata de Melhor Direção: Kiyoshi Kurosawa, pelo filme “Wife of a Spy

Prêmio Marcello Mastroianni de melhor intérprete jovem: Rouhollah Zamani, pelo filme “Sun Children

Prêmio de Melhor Roteiro: Chaitanya Temhane, pelo filme “The Disciple

Copa Volpi de Melhor Ator: Pierfrancesco Favino, pelo filme “Padrenostro

Copa Volpi de Melhor Atriz: Vanessa Kirby, pelo filme “Pieces of a Woman

Por fim, o próximo Festival foi confirmado para 11 de setembro de 2021


Imagem: Divulgação/Festival de Veneza


Apoia-se

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Rodrigo Chinchio

Formou-se como cinéfilo garimpando pérolas nas saudosas videolocadoras. Atualmente, a videolocadora faz parte de seu quarto abarrotado de Blu-rays e Dvds. Talvez, um dia ele consiga ver sua própria cama.

Previous “Sozinho”: Curta-metragem estreia dia 18 de setembro
Next “Justiça Jovem” da DC ganha novo subtítulo na quarta temporada

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close