Bob Esponja: O Incrível Resgate

O novo longa que traz de volta a turma da Fenda do Biquíni não chegará aos cinemas brasileiros, como era esperado inicialmente. “Bob Esponja: O Incrível Resgate” foi diretamente para o sistema de streaming da Netflix. A nova história acompanha Bob Esponja, Patrick Estrela, Lula Molusco, seu Sirigueijo e vários outros personagens conhecidos em uma aventura pelo mar. A novidade trazida pelo longa é o novo formato de animação, que deixa para traz os traços 2d da série animada, implementando traços computadorizados e modernos, porém, sem perder a essência visual dos personagens.

Como indica o nome do filme,  a trama trata de um resgate. A busca se inicia quando Gary, o famoso caracol de estimação de Bob Esponja, é sequestrado. A partir daí Bob Esponja e Patrick Estrela fazem uma jornada de aventura em busca do amigo, com alguns imprevistos e a ajuda de um personagem especial, Savio, interpretado por Keanu Reeves.

Para começar a falar deste novo filme, temos que ressaltar como uma animação tão simples e muitas vezes absurda consegue render tanta história, que, mesmo não sendo geniais, sem dúvidas produzem bons momentos de diversão. O carisma dos personagens e atritos entre eles são pontos fundamentais que fazem uma história – que em si não sai do lugar – continuar firme no gosto popular. Não por acaso ganha agora para o terceiro filme, sempre agradando desde as crianças, até os adultos.

Se atendo ao novo longa, a primeira vista, o que salta aos olhos positivamente é a mudança no traço da animação. Além de ser uma mudança satisfatória, funciona muito bem para atrair o novo público acostumado com animações computadorizadas. Um pouco do mesmo estilo já havia sido usado no último filme do “Bob Esponja: Um Herói Fora D’Água” e, recentemente, a mesma transição foi feita no longa “Scooby! O Filme”.

A grande questão desse longa está no roteiro que, por sua vez, não traz uma boa trama. Talvez essa seja a história mais fraca entre os três filmes derivados da série animada. O que acaba sendo uma pena, pois a premissa poderia ser útil para algo melhor elaborado. Muito que vemos no filmes são passagens para encher linguiça e sem coerência (não que seja necessário sentido em uma história do Bob Esponja). Mas fica cansativo, até mesmo para uma criança, ter que aturar mais de cinco minutos de discursos motivacionais dos personagens, como ocorre em um trecho do filme. Outra questão é que o sumiço de Gary fica sub utilizado e o embate entre Sirigueijo e Plankton termina de forma enfadonha.

Os personagens, como dito anteriormente continuam cativantes e com o costumeiro tempo de comédia que diverte. Dessa forma, a essência inerente a animação é mantida. No entanto, o “vilão” da história e subaproveitado.

Por fim, é possível afirma que “Bob Esponja: O Incrível Resgate” possui como principal qualidade o formato de animação, que em si pode ser bastante atrativo para as novas gerações; No entanto, grande parte dessa qualidade acaba sendo engolida pela fraca história que não se aproveita da boa premissa para produzir algo melhor do que os filmes anteriores, que, em si, possuem enredos muito mais ricos apostando em pontos de partidas simples. Aos papais e mamães, é uma boa diversão para se assistir em família.


Imagem: Divulgação/Netflix/Warner Bros. Pictures/Paramount Pictures


Apoia-se

Bob Esponja: O Incrível Resgate

2.8
Regular!
Quando Gary desaparece de repente, Bob Esponja e Patrick embarcam numa missão frenética muito além da Fenda do Biquíni para salvar o amigo.
Animação
Roteiro
Personagens
Pros
  • O filme apresenta um formato de animação diferente e de extrema qualidade;
  • Os personagens clássicos continuam cativantes e divertidos;
Cons
  • A história e fraca e, em muitos momentos, enrola com situações desnecessárias;
  • Vilões sub aproveitados
Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Dan Andrade

Cursando Produção Cultural atualmente, sempre foi apaixonado por cinema e decidiu que de alguma forma trabalharia com isso. Tendo como inspiração Steven Spielberg e suas histórias que marcaram gerações, escreve, assiste, lê e aprende, para um dia produzir coisas tão grandes e que inspirem pessoas como um dia ele o inspirou.

Previous “O Poderoso Chefão III” ganha uma nova versão. Veja o trailer!
Next “Pequenos Grandes Heróis”: Sharkboy e Lavagirl aparecem em novas imagens

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close