8 de dezembro de 2019
A inocência de uma criança 

“O Quarto de Jack” aborda, de forma delicada, sobre a vida em cativeiro de uma mãe e seu filho, de apenas cinco anos. Fato traumático apenas para a mãe, já que Jack, que é quem narra essa história, não faz ideia dos horrores que estão por traz do seu próprio mundo, que ele conhece como quarto. Para ele é apenas uma vida de constantes descobertas, como toda criança. Jack é como o pequeno príncipe, dono de um minúsculo planeta vermelho, do qual ele conhece cada cantinho.

O filme é baseado no livro “Quarto” de Emma Donoghue e tem o roteiro adaptado pela própria autora, que se inspirou no caso Josef Fritzl. Conta a história de Joy (Brie Larson), uma jovem que fora sequestrada aos 19 anos e mantida em cativeiro. Tudo muda quando ela tem um filho, fruto dos abusos de seu sequestrador, e sua maneira de protegê-lo é dizendo a ele que a vida lá fora não existe, transformando o quarto no seu próprio mundo.  A voz da criança de cinco anos, e cada singelo detalhe que ele nos mostra nesse filme, torna bastante perceptível sua origem na literatura, Donoghue soube muito bem levar sua história de uma mídia para a outra.

O pequeno Jacob Tremblay, intérprete de Jack, mostra um talento surpreendente. Ele e Brie Larson transmitem de forma muito verdadeira o laço entre mãe e filho. Brie desempenha muito bem o papel de uma mãe que tem que ser forte pelo seu filho, mas que tem o sofrimento estampado no rosto.

Conforme a curiosidade do menino aumenta, sua mãe tenta explicar a verdade sobre o mundo lá fora, o que confere na virada sensacional, trazendo novos personagens, como os avós de Jack, interpretados por William H. Macy e Joan Allen.

Apesar da delicadeza, o filme dirigido pelo cineasta irlandês Lenny Abrahanson, tem seu momentos de tensão e de muita emoção, capaz de levar os público às lágrimas.

É uma obra cativante, sobre a visão inocente de uma criança sobre a situação em que se encontra com a mãe e mostra o amor sem limites entre os dois, que fez com que se superassem os maiores obstáculos.

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Gleicy Favacho

Gleicy Favacho é uma maquiadora com alma de artista. Quando pequena sonhava em descobrir um mundo fantástico através do armário muito antes de se ouvir falar em Nárnia. Essa imaginação a levou a seguir uma profissão onde ela pudesse participar da construção de vários mundos e histórias diferentes, sendo apaixonada por cinema, teatro e outras artes. Claro que, sendo adulta, já mantém um pouco mais os pés no chão, mas sempre olha dentro de um armário ou outro, afinal, vai que… né?

Previous A vida de solteiro
Next Grandes anos 90

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

Literando: Gabriel García Márquez de graça na internet

24 de abril de 2016
Close