Connect with us

Hi, what are you looking for?

Crítica

Crítica: O vendedor de sonhos

Que os dias atuais estão difíceis todo mundo sabe! Mas se os próximos que virão serão melhores, nós apenas podemos ter a esperança de ser. A questão é: como lidamos com nossas dificuldades, obstáculos e principalmente as falhas da vida? Será que a melhor solução é acabar com tudo de uma vez, se jogar de um prédio bem alto e detonar a angústia, a culpa e o sofrimento juntos? Isso seria de um egoísmo tremendo, não?! Não existiria uma forma de consertar ou mudar a situação? Sim, sempre há! A verdade é que no fim só precisamos enxergar a vida de um novo ângulo, valorizar o que, de fato, é mais importante.

“O Vendedor de Sonhos” conta a história de Júlio César, interpretado por Dan Stulbach, um psicólogo com problemas familiares e decepcionado com a vida, que resolve tentar cometer suicídio. No meio do processo surge um mendigo (conhecido como Mestre), representado por César Troncoso, que o impede de realizar esse ato. Uma amizade cheia de mistérios começa a surgir e a dupla, acompanhada de mais dois “súditos”, inicia uma jornada com a finalidade de mostrar novos caminhos na tentativa de provar que todo e qualquer infortúnio da vida possui uma solução.

O filme é uma adaptação do best-seller homônimo do psicoterapeuta e escritor Augusto Cury que já publicou mais de 20 livros e ultrapassou a marca de 20 milhões de obras vendidas no Brasil.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Um drama muito bem produzido, com locações lindíssimas espalhadas pelo Rio e São Paulo, e uma fotografia clean, devidamente trabalhada por Nonato Estrela (“Até que a sorte nos separe 3” e “Em nome da Lei”), responsável por passar uma precisa mensagem de positividade.

A direção de Jayme Monjardim é até surpreendente para quem vai assistir o filme achando que verá mais uma novela no cinema, principalmente para quem lembra dos enquadramentos que o diretor escolheu para o drama “Olga”. Embora Monjardim ainda opte por planos familiares de suas produções televisivas, aqui ele ainda arrisca em ângulos diferenciados que criam um aspecto mais voltado para telona.

O figurino é interessante, porém não condiz com nossa realidade brasileira, talvez por querer dar um toque europeu ou americanizado. A maquiagem também foge bastante da verossimilhança, pelo menos em relação aos moradores de rua, nos entregando uma caracterização muito mais “leve” do que vemos no dia a dia.

O elenco principal conta com Dan Stulbach e César Trancoso, que desenvolvem uma química muito interessante e funcional durante o filme. Mas o verdadeiro “astro” é César, propositalmente pela personagem, a qual consegue compreender e exercer uma construção quase perfeita, roubando todas as cenas em que aparece. Thiago Mendonça vem para agregar essa dupla, porém o elenco de apoio e os “vilões” da trama não chegam aos pés de Trancoso o que, às vezes, pode incomodar o espectador por ter uma discrepância nas concepções das personagens.

Advertisement. Scroll to continue reading.

“O Vendedor de Sonhos” é um filme que vem para abrir novos caminhos para o cinema nacional, provando que não é só de comédia que precisamos para ocupar as salas. E então, será que somos capazes de produzir gêneros diferentes e vermos filmes bons? Creio que sim, basta olharmos o cinema brasileiro com novas perspectivas.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Reader Rating2 Votes
8.1
8
Written By

Aimée Borges gosta de dançar ao vento, beber água gelada e sorrir para Lua. Apaixonada por contos e fadas, deixa-se levar por sua curiosidade que a transporta para um mundo ainda mais louco que o da Alice.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode ler...

Filmes

Os anos 90 foram marcados por diversos clássicos que fazem sucesso até hoje Nada melhor para alimentar nossa nostalgia do que falar de filmes...

Listas

A lista seria maior, mas vários livros que poderiam estar aqui estão fora de catálogo Uma grande parte dos cinéfilos sonha em fazer seus...

Filmes

Uma professora de esportes, um advogado ambiental e um lobista veem suas trajetórias se entrelaçarem após um trágico acontecimento. Essa é a premissa de...

Filmes

De 11 a 18 de maio o Cinesesc recebe a 10ª edição da Mostra Tiradentes | SP. Dentre os destaques, serão exibidos os filmes premiados...

Advertisement