13 de dezembro de 2019
As aventuras de Frank Underwood chegam ao fim

A Netflix cancelou hoje a série “House Of Cards”, ao anunciar que a sexta temporada será a última. Há algum tempo já se falava que a série poderia ter apenas mais uma temporada, mas ainda não era certo. Entretanto, esse dia pode ter chegado devido as acusações de assédio envolvendo o ator e protagonista da trama Kevin Spacey. As empresas envolvidas liberaram uma declaração sobre o assunto:

“A Media Rights Capital e a Netflix estão profundamente preocupados com as notícias envolvendo Kevin Spacey. Em respostas as revelações de ontem a noite, executivos de ambas as empresas chegaram em Baltimore esta tarde para se encontrar com nosso elenco e equipe, afim de garantir que eles continuem a se sentir seguros e confortáveis. Conforme programado anteriormente, Kevin Spacey não está trabalhando no Set neste momento.”

Spacey foi acusado pelo ator Anthony Rapp, atualmente em “Star Trek: Discovery”, série original do streaming. Ele revelou ter sido vítima de assédio sexual por Kevin Spacey aos 14 anos.

Kevin Spacey por sua vez, aproveitou as redes sociais para se assumir homossexual e pedir desculpas à Anthony Rapp – além de declarar não se lembrar do ocorrido. Contudo, a atitude não foi bem vista pelo público, que o acusou de usar a homossexualidade como justificativa para o que aconteceu.

Astros de Hollywood tem enfrentado diversas acusações de assédio sexual por parte de atrizes e atores. Tudo começou com acusações de atrizes contra o produtor Harvey Weinstein.

“House of Cards” foi a primeira série original da Netflix, criada em 2013. A trama é protagonizada por Kevin Spacey e Robin Wright e já ganhou diversos prêmios.

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Júlia Cruz

Acredita ser uma criação do Projeto Leda enquanto espera o Doutor com a sua Tardis. É apaixonada por cachorros, gosta de acender incensos, observar estátuas e tomar café. Descobriu que tudo é passível de crítica e desconstrói os enredos das mais de cem séries que já viu, para os leitores da Woo Magazine.

Previous Resenha: Uma chama entre as cinzas, de Sabaa Tahir
Next As primeiras impressões de Stranger Things 2

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

Conversa com as paredes

8 de novembro de 2016
Close