Empoderar mulheres é um termo cada vez mais conhecido e usado no mundo atual. Atualmente, o que mais vemos e temos são exemplos de mulheres, que ajudam a outras mulheres a reconhecerem o seu valor.

E, No Escurinho de hoje, teremos três mulheres super empoderadas que são além do tempo delas.

Estreou no dia 02 de fevereiro nos cinemas o filme Estrelas Além do Tempo, que conta a história de três grandes mulheres: Katherine Johnson, Dorothy Vaughn e Mary Jackson.

Três mulheres que há todo o momento não só desafiavam a realidade da época, mas também eram desafiadas. Três mulheres negras e inteligentes que trabalhavam para a NASA e que fizeram a diferença no mundo.

São de pessoas assim que precisamos nos espelhar. O filme retrata não só a realidade de ser negro nos Estados Unidos nos anos de 1960 em que os direitos eram limitadíssimos para eles – para não falarmos quase nulo –, como também mostra todo o contexto da Guerra fria, período em que os norte-americanos disputavam de forma obsessiva com os soviéticos pela liderança da corrida espacial.

O foco do filme está na viagem do homem em torno da Terra em que cada uma das três mulheres tiveram papeis fundamentais para que tudo ocorresse. Por isso, trazemos mais um pouco da história delas.

  •  As estrelas 

Brilhante é o adjetivo que caracteriza Katherine Johnson, pois ela era capaz de fazer qualquer tipo de cálculo, sendo considerada naquela época um computador humano. Foi ela que chegou à fórmula matemática que foi crucial para que John Glenn fosse o primeiro norte-americano que viajasse em torno da Terra. Isso, no ano de 1962.

Sabe essa maquininha que usamos para estudar, ler e ver vídeos, o nosso computador? Então, foi Dorothy Vaughn que dominou todo o processo operacional da primeira máquina IBM – empresa pioneira quando o assunto é tecnologia –, que naquela época ainda estava em estudo na NASA. Mesmo exercendo a função de chefia, na prática demoraram para dar o notório reconhecimento, sendo nomeada chefe oficialmente bem mais tarde, fato retratado no filme.

Mary Jackson entrou para história como sendo a primeira mulher engenheira da NASA. Isso, independente da sua cor, uma vez que não existiam mulheres (de nenhuma cor, apenas para deixar claro!) engenheiras da NASA. Para poder estudar, teve que entrar na justiça para poder ingressar na universidade de engenharia. Foi Mary Jackson a peça-chave na construção da cápsula que levaria o homem no espaço.

  • O elenco e as indicações 

No filme Taraji P. Henson interpreta Katherine Johnson, Octavia Spencer interpreta Dorothy Vaugn e Janelle Monáe interpreta Mary Jackson.

Todo o elenco ganhou o prêmio de melhor elenco na premiação do Sindicato dos Atores de Hollywood (SAG). Além disso, o filme concorre ao Oscar em três categorias: Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante para Octavia Spencer  e Melhor Roteiro Adaptado para Theodoro Melfi.

Essas histórias incríveis ficaram por muito tempo guardadas, não sabemos se foi porque não queriam compartilha-las ou, simplesmente, porque elas não receberam o devido crédito ao que fizeram na época. Mas agora, com a chegada de Estrelas Além do Tempo nos cinemas, o reconhecimento veio à tona. Elas podiam não se dar conta, mas já naquela época elas serviram de exemplo para outras mulheres que viviam a sua volta, serviram de exemplos para os seus filhos, fazendo com que não desistissem de conquistar o que desejavam. E com certeza, fizeram e fazem toda a diferença para as mulheres que tenham algo a dizer.

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Sabrina Queiroz

Leitora voraz, que faz mil e uma tarefas. Apaixonada por filmes, séries e leitura em geral. Cacheada de nascença e por amor.

Previous Voando de Volta para Casa
Next Metal melódico do Reckoning Hour no Exposé

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close