Connect with us

Hi, what are you looking for?

Filmes

Reabertura da Cinemateca Brasileira terá filme inédito e mostra de Zé do Caixão

Cinemateca
Imagem: Divulgação/Cinemateca Brasileira

Após um longo período de interrupção, a CINEMATECA BRASILEIRA, instituição responsável pela preservação e difusão do maior acervo audiovisual do país, reabre as portas para o público nos dias 13, 14 e 15 de maio (sexta, sábado e domingo).

No primeiro dia do evento, serão exibidos o média-metragem “A Praga” (1980), restaurado, editado e finalizado pelo produtor Eugenio Puppo, que descobriu as latas do filme perdidas no escritório do cineasta, em 2007, e o curta-metragem “A Última Praga de Mojica” (2021), dirigido por Cédric Fanti, Eugenio Puppo, Matheus Sundfeld e Pedro Junqueira, que narra esse processo. 

Advertisement. Scroll to continue reading.

A Praga” foi quase todo filmado em super-8, em 1980, mas permaneceu inacabado por mais de 20 anos por falta de recursos. Puppo juntou os originais, filmou cenas adicionais, incluindo o retorno de Mojica como Zé do Caixão apresentando a história, dublou as falas através de leitura labial, inseriu efeitos visuais, editou e supervisionou o processo de pós-produção.  Após a morte de Mojica, em fevereiro de 2020, Puppo finalizou o média-metragem que foi apresentado pela primeira vez em outubro do ano passado, no Festival de Cinema de Sitges, na Espanha, considerado um dos maiores eventos de horror do mundo. 

O filme conta a história de Juvenal que, durante um passeio com sua esposa Marina, tira fotos de uma estranha senhora que revela ser uma bruxa e o amaldiçoa.

Leia Também: 46ª Mostra De Cinema De São Paulo Abre Inscrições De Filmes

Mostra O Cinema sem Medo de Mojica

O fim de semana segue com filmes pouco exibidos do mestre do terror brasileiro: “A Encarnação do Demônio”, que fecha saga da personagem Zé do Caixão; “Trilogia de Terror“, filme em episódios que codirigiu com Ozualdo Candeias e Luís Sérgio Person; “O Despertar da Besta”, com seu terror psicodélico e olhar cínico sobre jogos de poder; e “Exorcismo Negro”, um pesadelo metalinguístico em que criador enfrenta sua criatura. 

Advertisement. Scroll to continue reading.

No sábado, 14 de maio, às 16h, vida e obra do cineasta serão discutidas em uma mesa com o biógrafo de Mojica, André Barcinski, e com dois dos realizadores de “A Encarnação do Demônio”, o cineasta, produtor e editor Paulo Sacramento e o roteirista e diretor Dennison Ramalho.

Para mais informações, em breve acesse o site oficial da Cinemateca Brasileira

Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Advertisement
Advertisement

Você também pode ler...

Filmes

De 11 a 18 de maio o Cinesesc recebe a 10ª edição da Mostra Tiradentes | SP. Dentre os destaques, serão exibidos os filmes premiados...

Crítica

O filme “Deserto Particular” de Aly Muritiba, que chega essa semana aos cinemas, é o escolhido para representar o Brasil na corrida do Oscar...

Filmes

A Mostra Internacional de Cinema estendeu até o dia 31 de julho as inscrições para a sua 45ª edição, que neste ano será realizada...

Filmes

O Festival de Cannes 2021 começou oficialmente com a apresentação do Juri presidido pelo cineasta norte-americano Spike Lee — que também estampa o cartaz...

Advertisement