O New Dance Order recebeu diversos expoentes da música eletrônica para o Rock in Rio 2019, entre eles o duo de Djs conhecido como Cat Dealers.

No dia 3 de outubro, a Woo! Magazine teve o prazer de entrevistar a dupla, que foi headliner do dia junto com Robin Schulz. A seguir, você fica com a conversa na íntegra:

Amanda Moura.: Para DJs de expressividade como vocês, que já abriram até o show do David Guetta e tocaram em vários países, qual é a importância de tocar no Rock in Rio?

Cat Dealers.: A gente pode estar consolidado, mas se você olha para o Rock in Rio, olha a line-up do Rock in Rio, aí você vê a importância de estar no Rock in Rio. Acho que é o maior festival do Brasil, o maior do mundo e é sensacional estar aqui. Estamos em casa e muito felizes, especialmente nessa edição que a gente ainda foi chamado como headliner do dia junto do Robin Schulz, então é uma tremenda felicidade para a gente… Não tem nem o que falar, é o Rock in Rio.

A. M.: A música eletrônica vem conquistando cada vez mais público no Brasil. Isso se reflete até mesmo dentro da Cidade do Rock, com a estrutura montada esse ano, muito maior que em anos anteriores. Como vocês enxergam a abertura de um evento como o Rock in Rio para a música eletrônica? E como vocês observam o crescimento do público que segue o gênero no país?

C. D.: Para a gente é um grande orgulho. Antes de sermos DJs, a gente era fã. Então, a gente fazer parte do movimento que fez a música eletrônica brasileira ficar gigantesca no brasil é uma honra gigantesca também. Ficamos muito orgulhosos e nosso objetivo é que fique cada vez maior, acho que a gente ainda está longe de alcançar o ideal que é o que todo mundo do nosso meio almeja, mas acho que a gente vai chegar lá.

Imagem: Divulgação/Rock in Rio (Crédito: Woo! Magazine/Amanda Moura)

A. M.: Como surgiu o Cat Dealers? E como funciona e relação entre vocês profissionalmente, sendo irmãos?

C. D.: Eu comecei a gostar de música eletrônica, o Pedrão já curtia, mas ele era mais velho, gostava mais de rock e tal, aí eu mostrei para ele o que eu estava ouvindo. Com isso, ele começou a gostar bastante também. E aí foi um caminho natural, a gente foi se interessando e aprendendo a fazer junto. A gente é irmão, está sempre em casa, sempre junto, então, acho que foi até mais fácil. Não é à toa que tem várias duplas de irmãos aí rodando no mundo e eu acho que fica mais fácil trabalhar em casa.

A.M.: Vocês já colaboraram com muita gente, inclusive vários estão aqui no festival como o Beowulf. Vocês acreditam ser fundamental a colaboração para a música atualmente?

C. D.: Acho que para todos os meios é fundamental você trocar informação com outras pessoas experientes do ramo. É assim que se cresce, acho que qualquer meio do mundo, não só na música. É um dando a mão para o outro, é assim que todo mundo alcança o público.

A. M.: Que outros estilos musicais, além da música eletrônica, inspiram o trabalho de vocês?

C. D.: A gente gosta de tudo! Música clássica, inclusive. Eu gosto muito mesmo de música eletrônica, porque música eletrônica tem muitos estilos. Pedrão gosta muito de rock, eu gosto também, mas ele gosta mais. A gente gosta muito de música clássica, trilhas sonoras, enfim, a gente gosta de tudo.

A. M.: Estão com algum projeto futuro que possam contar para gente? Quais são as novidades que os fãs podem esperar?

C. D.: Temos bastante projetos futuros, muitas músicas novas, tem coisa que a gente vai tocar pela primeira vez aqui hoje, algumas surpresas com participações especiais. Então, vai ser incrível, fora a participação da Vanessa [Da Matta] que estará no show, como foi divulgado, mas junto dela tem uma surpresinha que vocês vão descobrir daqui a pouco.


O Rock in Rio 2019 acontece de 27 de setembro à 06 de outubro no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro. A Woo! Magazineesteve presente todos os dias com sua equipe, e o apoio da Piticas Botafogo Praia Shopping e do Escape Time Rio de Janeiro, proporcionando uma cobertura completa do evento e muita diversão com brincadeiras com o público presente.

* Entrevista realizada em colaboração com Dan Andrade.

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Amanda Moura

Bibliotecária, doutoranda em História das Ciências, e das Técnicas e Epistemologia. Apaixonada por cinema, séries e cultura em geral. Sem Os Goonies talvez não estivesse por aqui.

Previous Rock in Rio 2019: Saiba Como Foi o Show do Red Hot Chilli Peppers
Next Rock in Rio 2019 – Música e matches no estande do Tinder

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close