Em 2016, o mundo se preparava para mais uma edição dos Jogos Olímpicos – que aconteceriam em agosto no Rio de Janeiro. Porém antes, os portugueses viveram, pela sétima vez, a emoção de ter um Rock in Rio em casa. Durante os dias 19, 20, 27, 28 e 29 de maio, o Parque da Bela Vista recebeu cerca de 329 mil apaixonados por música e diversão.

Antes dos shows, quem fez bonito foi o público, participando do projeto Amazônia Live. Foi arrecadado um valor que viabilizou a plantação de 40 mil árvores na maior floresta do mundo. O sucesso do projeto se mantém até hoje.

Novidades a todo tempo

A sétima edição do maior festival de música do mundo foi dividida em três palcos. O Palco EDP Rock Street homenageou a música brasileira, com shows de Mart’nália (cantando sucessos de sei pai, o cantor Martinho da Vila), Serjão Loroza, Léo Gandelman (tocando sucessos de Tom Jobim e de Noel Rosa), Ciro Cruz, Toni Garrido (cantando sucessos de Tim Maia) e Simoninha (tocando músicas de Jorge Ben Jor).

Outro lugar que também agitou a tarde no Rock in Rio 2016 foi o Palco Vodafone. Mesmo sendo menor e com atrações menos conhecidas, o espaço agitou o público, que pode conferir os shows de Black Lips, Keep Razors Sharp, Boogarins, Sensible Soccers, Metz, Glockenwise, Real Estate, Capitão Fausto, Hinds e B Fachada.

Cartaz com o line-up do Palco Vodafone. Imagem: Divulgação/Rock in Rio/Vodafone

Mesmo com várias atrações nos outros dois palcos, o público foi para conferir as apresentações que rolariam no Palco Mundo, que não decepcionaram os fãs.

Antes dos shows, durante todos os dias, rolou a apresentação do “Rock in Rio – O Musical” uma apresentação teatral, com atores e cantores profissionais, mostrando um pouco da história do festival através das músicas que marcaram época, além da famosa música de abertura.

Segue o som

No dia 19 de maio, subiram ao palco os britânicos do Stereophonics, o fenômeno português Xutos & Pontapés e Bruce Springsteen & The E Street Band.

No dia 20 de maio, o público pode conferir os shows da norte americana Fergie, ex-integrante do The Black Eyed Peas, e do britânico Mika. Porém, a principal atração da noite foi a banda Queen, acompanhada do cantor Adam Lambert. Assim como em 1985, ainda com Freddy Mercury no comando, e em 2015, já com Adam, o show foi um sucesso absoluto, levando o público em uma viagem no tempo ao som de músicas como “I Want to Break Free”, “We Will Rock You” e “We Are The Champions”.

O dia 27 de maio foi marcado por shows das bandas Rival Sons, Korn e Hollywood Vampires.

O último fim de semana

No dia 28 de maio, a música brasileira marcou presença em peso no Palco Mundo. Após a apresentação do Rock in Rio – O Musical, a banda D.A.M.A dividiu espaço com o rapper Gabriel O Pensador. Depois, o axé baiano foi muito bem representado mais uma vez por Ivete Sangalo. Para fechar a noite, os californianos do Maroon 5 subiram ao palco em um show recheado de sucessos, como “This Love”, “Sunday Morning”, “Payphone”, “She Will be Loved” e “Moves Like Jagger”.

O pop dominou o dia 29 de maio. Charlie Puth (dono do megahit “See You Again”), Ariana Grande (que na época havia lançado o álbum “Dangerous Woman”) e Avicii, um dos maiores nomes da história da música eletrônica, dono de hits como “Wake Me Up” e “Hey Brother”, que infelizmente nos deixou no ano passado, dominaram Lisboa.

Line-up do Palco Mundo. Imagem: Divulgação/Rock in Rio

Depois desta edição “olímpica”, o Rock in Rio retorna ao Velho Mundo em 2018. Para conferir mais, é só ficar ligadinho aqui na Woo! Magazine. Até lá!