Em sua primeira edição, escola chega à fase de aperfeiçoamento de roteiros

A Escola de Séries é um projeto idealizado em convênio entre o Sebrae Rj e a ESPM, com patrocínio da RioFilme, apoio de O Boticário, curadoria e criação da Wise Entertainment e Esmeralda Produções, que tem como objetivo fortalecer a criação e o desenvolvimento de roteiros para séries e aumentar a competitividade dos projetos e das produtoras do estado do Rio de Janeiro.

Já foi promovida uma intensa programação com dois seminários internacionais, três temporadas de oficinas, cursos e máster classes com talentos do mercado audiovisual. Entre os dias 28 de junho e 1º de julho aconteceu o Laboratório de Imersão no Hotel Windsor Barra. Foram dez roteiros de séries, inscritos e selecionados previamente, que receberam consultorias individuais de dez profissionais de renome no mercado – cinco brasileiros e cinco internacionais. O objetivo era aprimorar os roteiros e preparar os projetos para o Encontro com o Mercado, última fase que acontecerá nos dias 26 e 27 de julho.

Os dez projetos selecionados para o Laboratório de Imersão foram: A Corretora (Drama), de Guta Stresser, Alexandre Raupp e Andr’é Paixão; Cangaço -A série (Drama), de Paulo Wenceslau; Classe Z (Comédia), de Daniel Fraiha e Helio Magalhães; Com amor, Vitória Diniz (Dramédia), de Yann Hatchuel; Crise S.A. (Dramédia), de Izabella Faya e Ana Pacheco; Escola de gênios (Infantil), de Ângela Hirata Fabri; Foda Madrinha (Comédia), de Paula Santos, Rodrigo de Vasconcellos e Gabriel Brugni; Fora de órbita (Comédia), de Bianca Watson e Mathilda Kovac; Fred e Flora (Infantil), de Giulia Braz, Antonio Carneiro e Sonia Violeta; e Tudo ou nada (Drama), de Paulo Dimantas e Sacha Bali. Além desses, outros 20 roteiros, que também participaram do processo de seleção, foram apresentados ao mercado.

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Gleicy Favacho

Gleicy Favacho é uma maquiadora com alma de artista. Quando pequena sonhava em descobrir um mundo fantástico através do armário muito antes de se ouvir falar em Nárnia. Essa imaginação a levou a seguir uma profissão onde ela pudesse participar da construção de vários mundos e histórias diferentes, sendo apaixonada por cinema, teatro e outras artes. Claro que, sendo adulta, já mantém um pouco mais os pés no chão, mas sempre olha dentro de um armário ou outro, afinal, vai que… né?

Previous A No-Makeup Tutorial
Next Bola gigante da Adidas invade shopping

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close