Connect with us

Hi, what are you looking for?

Filmes

Veja esses 5 filmes sobre o racismo e conscientize-se

Imagem: Divulgação/Imovision

O racismo está presente, mas é pouco discutido pelas pessoas que se dizem socialmente conscientes.

A onda de protestos nos EUA – iniciada depois do assassinato do cidadão negro George Floyd por um policial branco – é justa e necessária, isso é fato. Mas, além de dela, é preciso que haja a conscientização das pessoas em relação ao crime que o racismo e os outros modos de preconceito representam. Para isso, a arte é extremamente necessária.

Como a forma de arte mais popular e acessível atualmente é, inegavelmente, o cinema, fizemos uma lista de 5 filmes que mostram e discutem o racismo para que você possa conhecer a luta de nossos irmãos negros por direitos iguais, respeito e paz.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Confira abaixo:

 

Infiltrado na Klan

Imagem: Divulgação/Universal Pictures

Spike Lee possui dois filmes na lista, o que não é uma surpresa para um cineasta que vem explicitando o racismo norte-americano há anos. Em “Infiltrado na Klan”, de 2018, não é diferente, mas a história usa do humor para retratar o sério tema. No filme, Ron Stallworth (John David Washington), um policial negro, consegue se infiltrar na organização racista e criminosa Ku Klux Klan ao virar membro dela em 1978.

 

Advertisement. Scroll to continue reading.

O ódio que você semeia

Imagem: divulgação/Fox Film do Brasil

Também de 2018 “O ódio que você semeia” mostra uma adolescente negra – interpretada pela estrela em ascensão Amandla Stenberg – que presencia o assassinato de seu amigo por um policial branco. Como única testemunha, ela precisará depor no tribunal em meio aos protestos que tomam conta da cidade em que mora e das chantagens que recebe.

 

Eu não sou seu negro

Imagem: Divulgação/Imovision

Eu não sou seu negro” é construído a partir do livro inédito e inconcluso do escritor estadunidense James Baldwin (1924 – 1987), batizado de “Remember This House” (1979). O documentário faz uma reflexão sobre o histórico racista dos EUA ao mesmo tempo que mostra os assassinatos de três líderes negros: Medgar Evers, Malcolm X e Martin Luther King. Contudo, James Baldwin – que saiu dos EUA por não aguentar a pressão de ser negro em um país racista – também é central na obra dirigida por Raoul Peck.

 

Malcolm X

Imagem: Divulgação/Warner Bros.

Segundo filme de Spike Lee da lista, “Malcolm X” traz a atuação poderosa de Denzel Washington como o famoso líder afro-americano que teve o pai e a mãe assassinados pela Ku Klux Klan, o que o fez lutar, às vezes violentamente, em favor dos direitos dos negros em seu país. A cinebiografia mostra toda a trajetória de Al Hajj Malik Al-Shabazz, nome adotado depois dele se converter à religião islâmica,  ao passo que começa sua revolução.

 

Advertisement. Scroll to continue reading.

Vazante

Imagem: Divulgação/ Europa Filmes

Para lembrar que o Brasil é tão ou mais racista que os outros países, vale citar o filme “Vazante” (2017), dirigido por Daniela Thomas. A história se passa no início do século XIX na região de Minas Gerais quando negros recém-chegados da África sofrem com a escravidão. A situação se agrava quando a esposa adolescente de um barão se aproxima e começa a conviver com os escravos, ao mesmo tempo que seu marido os trata como animais.

Imagens: Divulgação

 

 

Advertisement. Scroll to continue reading.

 

Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Formou-se como cinéfilo garimpando pérolas nas saudosas videolocadoras. Atualmente, a videolocadora faz parte de seu quarto abarrotado de Blu-rays e Dvds. Talvez, um dia ele consiga ver sua própria cama.

2 Comments

2 Comments

  1. Pingback: Ariana Grande, Timothée Chalamet e outras celebridades juntam-se aos protestos nos EUA | Woo! Magazine

  2. Pingback: Fãs do K-pop abafam manifestações racistas no Twitter | Woo! Magazine

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Filmes

Papo acontecerá dentro da 16ª Edição do Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro As Lives de Cinema do Projeto de Extensão Aruandando no Campus estão...

Crítica

Antes da estreia, “Mulher-Maravilha” (de 2017) era um filme recheado de desconfianças. Despois do Universo Estendido da DC  (DCEU) ter fracassado, aquele longa chegava...

Filmes

Durante a CCXP Worlds houve painéis sobre séries de TV, quadrinhos, novelas e cinema. Especificamente falando dos filmes, todos os dias algum ator ou...

Filmes

Após sua reabertura, o tradicional e amado cinema paulistano, Petra Belas Artes, está passando por dificuldades para se manter funcionando devido à falta de...

Advertisement