Uma animação brasileira feita para exportação. Essa poderia ser uma definição bem simples da origem da “Society of virtue”  (Sociedade da Virtude). O desenho é uma paródia do mundo dos heróis e foi produzida e lançada direto para o canal do YouTube.

A série foi lançada de uma forma diferente. O primeiro canal criado online em maio desse ano, Society of Virtue, trazia os episódios dublados em inglês e com legendas em diversos idiomas, incluindo o português brasileiro. E trazia um vídeo novo toda terça-feira. Agora, existe um segundo canal, Sociedade da Virtude, que traz o mesmo conteúdo só que dublado em português. Os vídeos novos são adicionados todas às quintas. Os dois canais já contam com mais de cento e cinquenta mil inscritos, até o brasão de cada um tem tom diferente. O internacional traz o fundo azul, já o nacional tem o fundo verde.

A ideia surgiu da mente criativa de Ian Raul Samarão Brandão Fernandes, mais conhecido como Ian SBF. O carioca Ian é diretor, roteirista, produtor, editor e diretor de fotografia. Seus trabalhos mais famosos foram com suas produtoras de vídeos para internet. Nesse catálogo, temos “Anões em Chamas” e “Porta dos Fundos”, da produtora de filmes Fondo Filmes. Uma animação do storyboard do filme “Os Incríveis” da Disney, foi o gatilho para a criação desse formato no estilo de “motion-comics” da Sociedade da Virtude. O formato 2D nos remete aos clássicos quadrinhos de antigamente.

Com a ideia na cabeça, faltava alguém para dar vida ao desenho. Ian SBF foi apresentado, durante uma edição da Comic con Experience em São Paulo, ao ilustrador Thobias Daneluz. Thobias já trabalhava fazendo todos os desenhos do site Omelete. Diante dessa nova oportunidade, ele passou a se dedicar apenas a desenhar a animação e assim começou a parceria que rendeu esse maravilhoso conteúdo: Ian escreve e dirige os roteiros e Thobias ilustra.

Todos os episódios dublados em inglês são acompanhados de perto pelo diretor. Ele viaja semanalmente para Los Angeles para dirigir as animações. Em território nacional, a dublagem é feita pela Beck Studios. O elenco principal de dublagem é composto por Maíra Góes, Marco Antônio Costa, Maurício Berger, Marcelo Garcia, Rodrigo Antas, Eduardo Borgerth, Manolo Rey, Renan Freitas, Luiz Carlos Persy, Júlio Chaves e Guilherme Briggs. Marco Antônio Costa foi convidado a pedido de Thobias Daneluz. Dono da voz nacional de George Clooney, Johnny Depp, Val Kimer e Brad Pitt, foi visto como a voz ideal para o herói dublado por Nathan Turner, o Vigilante Noturno, aos olhos do ilustrador.

As paródias da série são extremamente cômicas. Apesar de ser um “desenho de heróis”, não está nem perto de ser para o público infantil. O elenco da equipe principal da Sociedade da Virtude” é composto por Kate Jopson (Majestosa), Nathan Turner (Vigilante Noturno), Frank Gerrish (Big Bang) e Ryan Lefton (Volt). Além deles, tem a equipe R-Men (referência explícita aos “X-Men”) com Philip Hersh (Monóculo e Vidro), Ryan Lefton (Querubim/ Walter), Brian Flaccus (Urso) e Spencer Devlin Howard (Professor R/ Robert), que também é o narrador da série. Para fechar os heróis, Nathan Turner  como Pantera Ruiva. Os vilões ficam a cargo de Frank Gerrish (Doutor Garra/ Pirata de Bronze).

A equipe R-men

Além dos dois canais do Youtube, também está disponível para download o aplicativo do programa. Compatível com Android e iOS, o app permite assistir o vídeo uma semana antes e tem conteúdo “webcomic” exclusivo para seus usuários. Até o momento, todo o material é gratuito.

Os cidadãos de Megalopolis podem não dormir tão sossegados com esse heróis, mas com certeza estão bem representados. Bom roteiro, ótimo traço, uma animação nacional de muita qualidade com ação, aventura e risadas. Assista ao trailer abaixo para conhecer o melhor, e o pior da “Sociedade da Virtude”. Defensores da moral, e claro da virtude.