“Bita e a Imaginação que Sumiu” vem cheio de colorido e musicalidade e estreou no dia 20 desse mês, no Teatro Riachuelo. Um espetáculo infantil original e inédito, que certamente é uma excelente pedida para criançada que está curtindo as férias.

O cenário e figurinos bastante coloridos, nos levam a diferentes lugares e nos convidam a planar entre o mundo da fantasia e a realidade. Realidade essa que, às vezes se apresenta um pouco turva e, precisa de uma ajudinha da imaginação para clarear.

De um sucesso no Youtube para crianças, a uma incrível aventura nos palcos, é dessa forma que o Mundo Bita vem ganhando mais espaço no coração dos pequenos e, também, dos pais que se permitem brincar e divertir junto com eles. Música boa, dança, interação, respeito as diferenças, união, alimentação saudável e muitos outros assuntos mais vão sendo apresentados às crianças durante todo o espetáculo e sem deixar faltar o ingrediente principal: A Imaginação, que muitas vezes vem sendo deixada um pouco de lado por conta das tecnologias e tantas outras coisas mais.

O Mundo Bita é um planeta distante, que fica na Galáxia da Alegria. Lá, moram o Bita e pequenos seres verdes, chamados Plots. Nesse mesmo mundo, tudo é movido a um combustível especial: imaginação. Um dia, os Plots percebem uma inesperada falta de imaginação nos reservatórios do planeta. Cabe ao protagonista, Bita, viajar para a Terra e, junto com os amiguinhos Lila, Dan e Tito, resolver este problemão.

O espetáculo é recheado por onze músicas divertidas e educativas, que falam de animais, brincadeiras e hábitos saudáveis. Com técnicas transmídia e linguagem multiplataforma, BITA E A IMAGINAÇÃO QUE SUMIU lança mão de artifícios como teatro de bonecos, desenho animado e personagens reais. A interação com a plateia é outra característica da peça. As famílias são convidadas a embarcar na aventura e tornam-se imprescindíveis na resolução do conflito central.

Vale muito a pena conferir essa delicinha de infantil que segue em cartaz até o dia 18 de fevereiro sempre aos sábados as 15 horas e domingos as 11 horas no Teatro Riachuelo.

 

Crítica: Bita e a Imaginação que Sumiu
9.5Pontuação geral
Votação do leitor 3 Votos
2.3