Connect with us

Hi, what are you looking for?

Entrevistas

Entrevistamos Clarissa Padovani Mussoi, autora do livro infantil “Que História É Essa?”

Que historia e essa
Imagem: Divulgação/Códice

A bibliotecária carioca Clarissa Padovani Mussoi é CEO da Códice, empresa dedicada à gestão e organização da informação para empresas de diferentes nichos. Mas além disso, é uma mulher multifacetada, que ama viajar, conversar e escrever. Tanto que, esse ano está se lançando com escritora. Seu primeiro livro, que é na verdade uma série de livros, se chama “Que História É Essa?” e é dedicado ao público infantil. A escritora abriu um espaço na sua agenda para bater um papo com a Woo! Magazine sobre seus projetos atuais e futuros:

Amanda Moura: Em primeiro lugar, quem é a Clarissa e quais projetos se dedica atualmente?

Advertisement. Scroll to continue reading.

Clarissa Padovani Mussoi: A Clarissa é uma bibliotecária que adora escrever, viajar, conversar e sonhar. Atualmente me dedico à minha empresa, a Códice, desenvolvendo alguns projetos de consultoria para organizar e estruturar a informação em ambientes corporativos. Também escrevo artigos técnicos para uma revista de São Paulo e crônicas para um jornal da Serra Gaúcha. Estou lançando meu primeiro livro infantil “Que história é essa?”, em parceria com a autora Cintia Rezzadori e a Gloria Brandão, na ilustração.

Clarissa Padovani Mussoi

Imagem: Divulgação/Códice


A. M: E de onde surgiu a ideia para “Que História É Essa”?

C. P. M.: Sempre quis escrever um livro e um belo dia, conversando com a Cintia e brincando sobre contar histórias, saiu a primeira frase do livro… Em uma biblioteca no reino do faz de conta onde tudo pode acontecer… Eu disse, isso dá uma ótima frase de livro e fomos desenvolvendo, anotamos o texto e levamos adiante o projeto, que ocorreu através das nossas vivências em escolas e observação do mundo infantil.

A. M.: As bibliotecas no Brasil não são espaços valorizados. Você acha que livros como o seu ajudam no contato com a biblioteca a partir da infância?

C. P. M.: Livros como o meu e livros de diferentes temáticas ajudam a atiçar a curiosidade de crianças sobre a leitura e o principal, a imaginação em descobrir os bastidores das histórias, de modo que elas sejam as protagonistas no seu processo criativo. A biblioteca é o alicerce para estruturar o conhecimento desse universo começando pela base.

A. M.: Na prévia do livro, vemos que ele tem ricas ilustrações. Você considera isso uma parte importante para as crianças?

Advertisement. Scroll to continue reading.

C. P. M.: As crianças são puramente visuais. A comunicação nasce a partir do visual e do auditivo, para posteriormente inserirmos a leitura e escrita como desenvolvimento do processo cognitivo. Desse modo, a ilustração criará possibilidades de explorar esse mundo imagético através de sinais que transmitam mensagens subliminares e efetivas para a interpretação gerando conhecimento adquirido a partir do mundo dela.

A. M.: E como você está vendo o mercado editorial brasileiro, a partir dessa sua primeira experiência?

C. P. M.: Ainda estou analisando o mercado editorial. Tudo é muito recente. Penso que o mercado é muito restrito para autores que estão se lançando. Existe conteúdo de qualidade, mas produzir um livro no Brasil é um pouco complicado. Porém, acreditamos que a cultura e a leitura são bens adquiridos e que nunca serão roubados do nosso intelecto. Há de se investir nisso.

A. M.: Por fim, você planeja transformar esse primeiro livro em uma série ou está trabalhando em algum outro livro, de outra temática?

C. P. M.: Esse livro é o volume 1 de uma série. Vamos dar um tempo, mas já estamos pensando na continuidade desse livro, agregando mais personagens e abordando temáticas bem atuais. Em paralelo estou escrevendo um romance. Temos que aguardar um pouco, mas em breve, pretendo lançar.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Imagens: Divulgação/Códice Consultoria

Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Bibliotecária, doutoranda em História das Ciências, e das Técnicas e Epistemologia. Apaixonada por cinema, séries e cultura em geral. Sem Os Goonies talvez não estivesse por aqui.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Filmes

Depois do sucesso de 2019, “Era Uma Vez em… Hollywood” virou livro pelas mãos do próprio Quentin Tarantino. Para anunciar o lançamento, a Sony...

Literatura

Textos integrais traduzidos por Alexandre Barbosa de Souza, “A revolução dos bichos” e “1984” contam com prefácios adicionais do famoso escritor, além de brindes...

Literatura

1º prêmio machado Darkside vai selecionar projetos inéditos que contemplam as palavras de várias formas como álbuns de música, reportagens, games, e até livros...

Filmes

A editora HarperCollins anunciou em sua conta no Twitter a pré-venda do audiobook de “O Hobbit“, narrado por ninguém menos que Andy Serkis, ator...

Advertisement