Com calorosa recepção do público, da crítica especializada e ganhador de dois prêmios no Prêmio do Humor, a versão brasileira volta aos palcos do Rio de Janeiro.

O espetáculo estreou no final do ano passado no Teatro Solar de Botafogo e, mesmo sem apoio de leis de incentivo, emendou numa segunda temporada de sucesso no Centro Cultural da Justiça Federal e agora segue para sua terceira, dessa vez no Teatro Eva Hertz que fica dentro da Livraria Cultura no Centro do Rio.

O musical foi uma grata surpresa ao mercado cultural carioca e com simplicidade e muita genialidade da equipe e elenco recebeu várias premiações e indicações como Melhor espetáculo e Categoria Especial pela versão brasileira no 2º Prêmio de Humor Fábio Porchat, Indicação no 6º Prêmio Botequim Cultural para Ingrid Klug entre outros.

Ele traz a história real (ou quase real) de Jeff (Junio Duarte – “The Book of Mormom” da Unirio) e Hunter (Caio Scot – “The Book of Mormom” da Unirio e “Festa Selvagem” da CAL), um dramaturgo e um músico que resolvem participar de um festival de teatro e tem apenas três semanas para criar um musical. Para a empreitada convidam duas amigas atrizes, Susan (Ingrid Klug de “Meninos e Meninas” e “O Mambembe – Um Musical Brasileiro”), Heidi (Carol Berres de “Matilda – O Musical” do Ceftem e “Festa Selvagem” da CAL) e um amigo músico (papel alternado entre Gustavo Tibi da Banda JAMS e Catherine Henriques) e de uma forma leve e divertida nos mostra um olhar sobre o fazer artístico e os percalços que vem junto dele.

Conferimos as primeiras temporadas e você, que perdeu as duas oportunidades anteriores, pode conferir um pouquinho dessa delícia de espetáculo na crítica que fizemos em Novembro de 2017 clicando aqui.

A temporada acontecerá de 17 de abril a 30 de maio, sempre terças e quartas, as 19 horas na Cinelândia. Confira nossa agenda.