O Terror… O Terror…

Para você que está esperando uma indicação de história em quadrinhos alegre, não é o que você terá aqui. Está parecendo até uma introdução para “Desventuras em Série”, né? Mas, não é! Quando se trata de Quadrinhos de Terror, são considerados bons aqueles que te levam para o clima da trama, que te deixam tenso ao ver os acontecimentos e o rumo que a história vai tomando, torcendo para que o personagem saia ileso (ou não). É exatamente isso que a quadrinista Má Matiazi consegue com sua HQ Morte Branca. (Espectral Edições, 2016)

Um Trabalho impressionante

Responsável pelo roteiro, cores (junto com Iris Lopes) e toda a arte, Má Matiazi nos transporta para seu universo sombrio desde a capa até a última página. Seu trabalho impressiona em tudo, roteiro, desenhos, mas, especialmente com as cores! A escuridão domina a capa e o miolo, os efeitos de iluminação são perfeitos para o ambiente criado com a intenção de deixar o leitor na expectativa do início ao fim, e em algumas cenas temos cores um pouco mais vivas que dão a impressão de um clima mais aconchegante… São composições lindas que enchem nossos olhos com uma beleza melancólica.

“Eu sou a morte da qual você riu e zombou… e eu vim reclamar a posse de sua alma.”

É com essa frase que entramos nessa trama, que desde as primeiras páginas nos trazem muitos momentos de aflição vividos por seus personagens. O trabalho com as expressões de cada um foi muito cuidadoso, o medo no olhar, os rostos que vão se contorcendo de acordo com o nervosismo aumentando, a frieza no olhar, sorrisos malignos, tudo isso foi retratado de forma muito bela pela artista.

Para os fãs de terror, “Morte Branca” é uma HQ obrigatória, e mesmo para os que não são a leitura é indicada, pois há vários outros motivos para agradar. A artista estava na CCXP 2016 e quem a viu fazendo Cosplay de seu personagem certamente ficou curioso para conhecer sua obra! Nossos quadrinhos nacionais estão cada vez melhores e, quero enfatizar, dá gosto de ver uma quadrinista como Má Matiazi colocando em seu trabalho tanta dedicação e amor, pois isso fica nítido em cada página.

Confira a artista falando sobre sua obra:


Sympla

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Tom Dutra

Tom Dutra é ator e formado em Artes Visuais. Além disso, faz desenhos e tem dificuldades em dizer se é cartunista, quadrinista, desenhista ou ilustrador! É apaixonado por animações e quadrinhos. Coleciona trilhas sonoras de desenhos animados e é comum encontrá-lo na rua cantando essas músicas.

Previous O melodrama de “O Mar de Árvores”
Next Crítica (2): O Crime da Gávea

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close