Connect with us

Hi, what are you looking for?

Animes

Komi-san: o novo anime sensação da Netflix

Komi-san Can't Communicate - Imagem/Divulgação: Netflix

Sempre que uma temporada nova de animes começa, o público já agarra os seus queridinhos e com “Komi-san wa komyushou desu” não é diferente. Um pequeno brilhante escondido como lançamento no catálogo da Netflix, a adaptação do mangá de sucesso já provocou grande comoção muito antes de estrear e não seria um exagero fazer um pequeno disclaimer: É uma grande promessa entre os títulos do ano.

A premissa é muito simples e poderia muito bem fazer parte de uma lista de títulos autoexplicativos, afinal, “Komi-san não consegue se comunicar”. Mesmo sendo recém chegada, a jovem Komi já é uma celebridade, encantando alunos e professores com o menor movimento dos olhos — e também os intimidando por seu profundo silêncio. Mas a verdade é que a garota mais popular do colégio não consegue dizer uma única palavra sem se tremer toda.

Advertisement. Scroll to continue reading.

É claro que o outro protagonista, Tadano, irá ajudar a colega a superar isso, no que há de ser uma divertida comédia romântica. No entanto, em uma escola cheia de alunos excêntricos, para conseguir amigos e socializar, Komi irá enfrentar um grande desafio. O telespectador, então, deve ser capaz de voltar no tempo para o período de sua própria vida escolar. Para os introvertidos, sobretudo, pode ser mais um anime para aproveitar e lidar com os próprios problemas junto da protagonista.

O anime está em lançamento no seu terceiro episódio na TV Tokyo, sendo disponibilizado em streaming duas semanas depois pela Netflix. Pode soar precipitado num todo analisar o conteúdo quando apenas um quarto da animação já foi disponibilizada, no entanto, com as devidas diferenças de anime-mangá, “Komi-san” está se mostrando como uma adaptação fiél com sua proposta e com escolhas de transposição de mídia muito inteligentes.

Komi-san não consegue se comunicar, ou conforme tradução oficial “Komi-san Can’t Communicate”. Imagem/Reprodução: Netflix.

Em razão da dificuldade de Komi de se comunicar, sobram momentos de silêncio que devem incomodar os mais resilientes, o que em nenhuma ocasião se torna algo problemático de se assistir. Talvez os fãs mais antigos se lembrem da clássica cena do elevador de Evangelion, para não dizer infame, em que as personagens passam 53 segundos quietas e imóveis, consequência do baixo orçamento. Em “Komi-san Can’t Communicate”, essas lacunas são compensadas com um bom humor espirituoso e animação deslumbrante.

Já para um nicho mais específico, os interessados no aprendizado da língua, a abundância de textos na tela, diálogos fáceis — mas não por isso menos complexos — e enunciação clara, podem ser uma boa entrada para se aprender o japonês, que por si só é muito mais proveitoso no gênero de drama cotidiano.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Aos que ainda não ficaram convencidos, Komi-san também parece uma porta de entrada interessante para se assistir com família e amigos, inclusive com os mais receosos com anime. Por que não convidar sua mãe, irmão ou mesmo paquera para assistir contigo nessa quarentena? Conte para gente um pouco da sua experiência nos comentários. Verifique a classificação indicativa!

Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Linguista em formação e PhD em shoujo de baixa qualidade. Obcecado por cultura pop e leituras clichê; ainda por descobrir que talvez Kakegurui não seja um traço de personalidade.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Animes

O lançamento do segundo episódio de “Komi-san wa komyushou desu” no Brasil trouxe mais uma vez um debate da linguagem à tona. A questão...

Advertisement