8 de dezembro de 2019

Não é novidade que a Netflix tem investido pesado na produção de seriados, para arrebatar audiência e se manter no topo do ranking das empresas de streaming. Foi assim com Orange is the New Black, House of Cards, Stranger Things e agora a última promessa é The Crown.

Se você quer ver uma produção cuidadosa, cenários lindos da Inglaterra, palácios e é fascinado pela história da nobreza Inglesa, este é o seriado para você.

The Crown foi escrita, especialmente para a Netflix, por Peter Morgan, o mesmo roteirista do filme A Rainha. É a produção mais cara já produzida pela Netflix (estimativa de US$130 milhões, apenas para a primeira temporada) e sua história inicia na época do casamento de Elizabeth, em 1947, antes da sua coroação, até os dias atuais.

Mais do que fatos, The Crown, esmiúça a personalidade da Rainha Elizabeth II. Suas atitudes modernas, para uma monarca, como dirigir ambulâncias na guerra e sua força silenciosa, que é ilustrada no diálogo entre a Rainha mãe e a avó de Elizabeth II, sobre seu casamento: “Ela escolheu o noivo que quis e mudou o protocolo inteiro, tudo isso sem abrir a boca”.

Podemos ver o amadurecimento da rainha , seus conflitos entre seu dever como monarca e sua vida como mulher, mãe e esposa. Nos votos de seu casamento, ela insistiu para que se mantivesse o juramento de “obedecer ao marido”, porém, após tornar-se rainha, sua opinião muda e ela insiste para que Philip ajoelhe-se em sua coroação, coisa que ele se recusa a fazer.

Outro show à parte de The Crown é o figurino e produção impecável. Vemos roupas idênticas às usadas por Rainha Elizabeth II, como o seu vestido de casamento, e cenários criados para ambientar o Palácio de Bucckingham.

the-crown-3

The Crown é estrelada por Claire Fox, que já encarnou outra rainha, a controversa Ana Bolena, segunda esposa do Rei Henrique VIII. Príncipe Philip é vivido por Matt Smith e a semelhança física entre os dois é impressionante. Em The Crown, podemos ver a batalha de Philip de ter que abandonar sua carreira na marinha, para viver à sombra de Elizabeth II.

Como o autor de The Crown é o mesmo que escreveu o filme a Rainha, que mostrava a reação de Elizabeth II, na época da morte de Diana, Princesa de Gales, resta saber como esse fato será abordado na série.

A previsão é que The Crown tenha 60 episódios, seis temporadas, com 10 episódios, cada uma. A primeira estreou no Netflix, em seis de novembro e já é imperdível!

Por Silvia Ferrari

Show Full Content
Previous Crítica: As Malditas
Next Raio

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

Crítica: Um dia a casa cai

12 de setembro de 2016
Close