Connect with us

Hi, what are you looking for?

Literatura

Resenha: “Toda luz que não podemos ver” de Anthony Doerr

Foto: Samantha Queiroz

Sempre adorei livros que falam um pouco da história do mundo. Seja sobre guerra, seja sobre um país ou uma situação que aconteceu. E com a narrativa desse livro não foi diferente, uma história sensacional e envolvente.

O livro “Toda luz que não podemos ver” de Anthony Doerr conta a história de duas pessoas que vivem em lugares completamente diferentes. Um está na Alemanha vivendo a realidade que o seu líder impõe, a outra está na França vivendo uma vida pacata. Porém, por causa de toda dor da guerra e em busca de liberdade, esses dois personagens a todo momento irão se encontrar, mesmo que não fisicamente.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Esse é o segundo romance de Antony Doerr, lançado em 2014. Com esse livro, o autor foi finalista do National Book Awards em 2014 em que na história temos três personagens principais: Marie-Laurie, Werner e a Segunda Guerra Mundial.

Enquanto Marie-Laurie, uma menina que perde a visão muito jovem, vive com seu pai próximo ao Museu de História Natural de Paris. Lugar onde o seu pai é chaveiro e responsável por cuidar de todas as fechaduras do museu.

Para ajudar a sua filha, o pai de Marie-Laurie cria uma maquete da cidade para ela, dessa forma a menina tem tudo o que precisa para se locomover sem precisar de ajuda.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Quando Marie-Laurie completa 12 anos, a cidade é tomada pelos nazistas. Com isso, pai e filha vão viver em Saint-Malo com o tio avô de Marie-Laurie, acabando com tudo o que Marie-Laurie conhecia. O tio avó de Marie-Laurie é um homem bastante diferente de todos os outros, que não gosta de socializar, mas uma amizade entre sobrinha-neta e tio avô nasce de forma inesperada.

Do outro lado, na Alemanha, vive Werner com sua irmã. Ele é um jovem órfão muito inteligente que cresce encantado com o rádio que ele e sua irmã encontraram no lixo. A partir daí é uma verdadeira aventura, uma vez que eles ouvem várias histórias através de um canal francês do rádio sobre ciência e aprendem muita coisa.

Com o tempo Werner ganha prática de consertar rádios, fazendo com que ele seja aceito na escola nazista e, mais tarde, acaba tendo uma missão especial: descobrir a fonte das transmissões de rádios responsáveis pela chegada dos Aliados a Normandia. Assim, Werner chega a Saint-Malo, fazendo com que finalmente o seu destino se cruze efetivamente com o de Marie-Laurie.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Pode ter certeza de que é uma história muito envolvente, com um final inesperado e um percurso muito interessante. A todo momento, mesmo sem querer, os dois personagens principais acabam se ajudando. Tudo isso ocorre por causa de pequenas decisões que os personagens tomam, é quando vemos que até a menor das decisões faz toda a diferença.

Uma história de amor e bondade no meio do caos que foi a Segunda Guerra Mundial em um livro dividido em três partes, com capítulos curtos que são alternados entre Marie-Laurie e Werner. A narrativa requer bastante atenção na sua leitura, pois mesmo não tendo palavras rebuscadas, os capítulos passeiam entre o passado e o presente com muitas informações importantes e detalhes que fazem toda a diferença.

“Toda luz que não podemos ver”

Advertisement. Scroll to continue reading.

Autor: Anthony Doerr

Tradução: Maria Carmelita Dias

526 páginas

Advertisement. Scroll to continue reading.

Editora: Intrínseca

Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Leitora voraz, que faz mil e uma tarefas. Apaixonada por filmes, séries e leitura em geral. Cacheada de nascença e por amor.

2 Comments

2 Comments

  1. Lorena

    19 de dezembro de 2016 at 18:19

    Vocês estão me dando vontade de ler mt coisa… E tô com pilhas de pdfs de artigos atrasados #comofaz?

    • Sabrina Queiroz

      20 de dezembro de 2016 at 07:51

      Tb estou cheia de coisa para ler!!! Mas não consigo deixar de lado meus livros.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Filmes

Depois do sucesso de 2019, “Era Uma Vez em… Hollywood” virou livro pelas mãos do próprio Quentin Tarantino. Para anunciar o lançamento, a Sony...

Literatura

Textos integrais traduzidos por Alexandre Barbosa de Souza, “A revolução dos bichos” e “1984” contam com prefácios adicionais do famoso escritor, além de brindes...

Entrevistas

A bibliotecária carioca Clarissa Padovani Mussoi é CEO da Códice, empresa dedicada à gestão e organização da informação para empresas de diferentes nichos. Mas...

Literatura

1º prêmio machado Darkside vai selecionar projetos inéditos que contemplam as palavras de várias formas como álbuns de música, reportagens, games, e até livros...

Advertisement