14 de dezembro de 2019

No mês de Janeiro as papelarias e livrarias sempre ficam abarrotadas de agendas. Na verdade, essa invasão acontece mesmo em dezembro do ano anterior, quando a procura por esse “caderninho mágico” se inicia. Essa é a época em que a maioria das pessoas começa a pensar em se organizar para o ano seguinte. E aí é um verdadeiro frenesi em busca do melhor modelo, do mais bonito e também do mais em conta. E olha que em tempos de organizadores digitais pipocando por aí, a agenda de papel continua ali no páreo.

Até aqui, estamos falando de indivíduos organizados, que conseguem manter vida pessoal e profissional ali, na ponta do lápis, com horários, projetos e metas sempre estabelecidos. Mas, se você faz parte da banda que tem dificuldade em se organizar para cumprir tarefas simples do dia a dia e que a palavra agenda não costuma fazer parte do seu vocabulário, a nossa coluna Bookland de hoje traz uma dica de ouro. Um livro que vai mudar definitivamente a sua relação com essa área da vida.

Organização Pessoal para usuários de agenda de papel ou no computador” mostra o caminho das pedras para fazer da própria agenda uma ferramenta poderosa de produtividade pessoal. Nele, o autor Marcelo Andrade aponta as boas práticas e as falsas soluções para temas como lista de coisas a fazer, cobrança e controle, caixa de entrada de e-mails, etc.

“Quem não é disciplinado acaba escravo da bagunça dos outros ou, mais simplesmente, da tendência que todos temos a adiar o que custa ou que não é urgente.”

Abaixo, listamos algumas das preciosas dicas:

– Faça acontecer;
– Implemente suas boas ideias, sejam pequenas ações como providenciar um caderno de recados para a portaria ou sejam grandes projetos, como um novo negócio;
– Cumpra suas promessas. Seja obter uma informação ou entregar um plano dentro do prazo;
– Não basta ter boa vontade para ser um realizador. É preciso também organização, que necessariamente passa pela administração do tempo e pelo uso competente de uma ferramenta tão singela quanto Importante: a agenda;
– Fazer na hora, planejar um pouco, controlar, agendar e tomar notas e arquivar direito.

Mágica?! Não. Planejamento, controle, disciplina e inteligência.

Marcelo Andrade afirma que tudo isso vai ajudar você, leitor, a ser mais eficaz e a atingir os objetivos almejados. Porque não poucas vezes serão pequenas medidas desse gênero que vão permitir que você faça acontecer.

Outros Destaques:

* O Princípio do Planejamento: pelo qual todo planejamento começa pelo fim que se deseja alcançar e retrocede ao presente para que possamos adaptar nosso tempo e força de vontade para garantir que o objetivo se realize;
* Prazo de execução X Prazo Final: ideia pela qual devemos trabalhar não com o último dia de um prazo, mas com um prazo de execução, que é o agendamento de uma tarefa a ser realizado em data anterior ao prazo final. A ideia é não protelar ou adiar para a última hora.

O livro é bem curtinho. O texto é leve e direto e os exemplos são rápidos e sem enrolação. Tudo muito coerente e lógico. E ainda vem com muitos gráficos para você acompanhar as dicas e colocar em prática na vida. São 13 capítulos, divididos em apenas 95 páginas, com diversas dicas que prometem ensinar um jeito descomplicado de planejar o tempo e as atividades grandes ou pequenas.

Se de todo o livro você quiser reter apenas 04 ideias, fique com estas:

Sempre que possível, DECIDA JÁ, FAÇA JÁ;
Sempre que necessário, AGENDE JÁ, PARE E PLANEJE/REPLANEJE JÁ.

Então, agora não tem mais desculpa. Se organize para anotar e cumprir suas tarefas. Não importa a forma. Seja digital usando o celular ou seja no modo analógico em uma agenda de papel, o importante é arregaçar as mangas e começar. Com o tempo o hábito virá!!

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Erika Kohler

Jornalista (com diploma), escritora metida a cronista e decoradora. Não necessariamente nessa ordem. É uma artista múltipla! Tem a arte no DNA e por isso é amante do mundo das artes. De todas as formas: Cênicas, Visuais e Plásticas.
Carioca, já foi rata de praia, mas hoje prefere o inverno. É gateira de carteirinha e apaixonada por pinguins. Os livros fazem parte da sua vida e estão sempre por perto. Talvez tenha nascido no século errado porque ama o Vintage e o retrô. Adora assistir filmes e séries, sempre acompanhada por um baldão de pipoca. Torce para encontrar com o gato da Alice, pra ele indicar a estrada dos tijolinhos amarelos, que vai direto para a Fantástica Fábrica de Chocolate!!

Previous A instalação/peça “Grande Sertão: Veredas”, de Bia Lessa, finalmente chega ao Rio de Janeiro
Next Noite de autógrafos com o autor Miguel Paes

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

NEXT STORY

Close

A diversificação do Multishow

31 de março de 2016
Close