O festival Woodstock 1999 foi uma tentativa de resgate da memória de um evento símbolo da contracultura e da paz, realizado pela primeira vez em 1969. Contudo, não foi isso que aconteceu. Ao final do evento, o resultado foi muito diferente: violência, denúncias de estupro, excesso de lixo. Segundo o site Deadline, o documentário em desenvolvimento pela Netflix contará como a proposta de três dias de paz, amor e música terminou em chamas.

Na época, a MTV fez uma cobertura extensa do festival. Incluia até um pay-per-view para quem desejasse acompanhar o evento em tempo real. Portanto, nenhum desses problemas ficou escondido. Certamente, esse documentário vai dar o que falar. Ainda não há informações sobre a data de estreia na plataforma.


Apoia-se

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Amanda Moura

Bibliotecária, doutoranda em História das Ciências, e das Técnicas e Epistemologia. Apaixonada por cinema, séries e cultura em geral. Sem Os Goonies talvez não estivesse por aqui.

Previous Crítica: Invasão Zumbi 2
Next BTS no primeiro lugar da Billboard Artist 100

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close