Connect with us

Hi, what are you looking for?

Filmes

#Woomagazine na CCXP: A simpatia de Evangeline Lilly

De “Lost” à “Homem-Formiga”

Depois de divulgar seu livro infantil “Os Molambolengos” em painel no primeiro dia da Comic Con Experience 2015, Evangeline Lilly voltou ao evento ontem (05/12) para uma manhã de autógrafos e um novo encontro no auditório Cinemark, mas desta vez para falar um pouco sobre sua carreira no cinema. Com simpatia de sobra, a atriz elogiou o público que vibrava a cada resposta.

Advertisement. Scroll to continue reading.

12310073_182868788726352_4381355233230413874_o-1024x576

Evangeline se declarou “totalmente geek” ao falar da personagem Tauriel, de “O Hobbit”, a quem atribuiu a oportunidade de interpreta-la como “a melhor coisa do mundo”. Em um encontro com o diretor Peter Jackson em um festival, 10 anos antes do “Uma Jornada Inesperada”, o diretor disse à ela que se a conhecesse 5 anos atras, com certeza seria escalada para fazer uma elfa.

 “Sou fã da saga, eu sonhava em ser uma elfa desde os 13 anos de idade. Fazer a Tauriel, que não está nos livros, foi uma oportunidade de participar de uma criação dentro de um universo pronto.”

Sobre a controvérsia de ser uma personagem que não fazia parte do livro, ela disse que adorou. Segundo ela, foi melhor viver esse personagem criado, do que um já existente na obra que ninguém se importasse. E aqui entre nós, todo mundo se importa com a Tauriel, né gente?!

Reconhecida por seu trabalho em “Lost”, Lilly declarou que amou o polêmico final: “O objetivo é fazer a pessoa encontrar sua própria resposta”.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Sobre o papel da Vespa em “Homem-Formiga”, ela disse que quando foi convidada para fazer um filme de super heroi ela recusou, mas quando soube que seria com Paul Rudd e dirigido por Peyton Reed, pediu para ler o roteiro. Lilly que nunca havia assistido a um filme da Marvel, depois de ler o script começou a ver “O Homem de Ferro”, seguido por “Os Vingadores” e topou fazer o longa.

Com relação a sequencia programada para 2018, ela despistou e disse: “Ainda não sei do roteiro, mas gostaria que ela tivesse um filho e que fosse atras da mãe que poderia ser a Michelle Pfeifer.”

Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Paulo Olivera é mineiro, Gypsy Lifestyle e nômade intelectual. Apaixonado pelas artes, Bombril na vida profissional e viciado em prazeres carnais e intelectuais inadequados para menores e/ou sem ensino médio completo.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Séries/TV

Anúncio foi feito na San Diego Comic Con At Home Foi divulgada na San Diego [email protected] 2021 a data de lançamento da sétima temporada...

Filmes

Nesse último fim de semana aconteceu a Comic Con em San Diego nos EUA, evento voltado para os fãs de gibis, super-heróis, vídeo game ...

Geek

O mês de dezembro começou muito agitado e um dos principais motivos disto foi a Comic Con Experience 2017 que ocorreu em São Paulo...

Crítica

Desde 2008, quando foi lançado o primeiro “Homem de Ferro”, todos conhecem a “fórmula Marvel” de fazer filmes. De lá para cá, ficamos acostumados...

Advertisement