Connect with us

Hi, what are you looking for?

Filmes

“Adoráveis Mulheres” abre o Festival do Rio em sua estreia em festivais

Imagem: Divulgação/Sony Pictures

Dirigido por Greta Gerwig, filme com Emma Watson, Saoirse Ronan, Meryl Streep e Laura Dern está na corrida pelo Oscar

Forte candidato ao Oscar®, o longa-metragem “Adoráveis Mulheres” (“Little Women”), de Greta Gerwig, vai abrir a 21ª edição do Festival do Rio, que acontece entre os dias 9 e 19 de dezembro. A sessão acontece no dia 9 de dezembro, no Cine OdeonCentro Cultural Luiz Severiano Ribeiro, durante a cerimônia de abertura, fechada para convidados. Logo em seguida haverá outra sessão aberta ao público. Esta será a primeira exibição do filme em festivais. A produção, distribuída pela Sony Pictures, é uma adaptação para o famoso livro homônimo de Louisa May Alcott.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A história acompanha a vida das irmãs March enquanto caminham para a vida adulta sem a presença do pai, que luta na Guerra Civil Americana. Na trama, a escritora Jo (Saoirse Ronan) está trabalhando em um romance sobre sua vida e de suas irmãs: a atriz Meg (Emma Watson), a pintora Amy (Florence Pugh) e a pianista Beth (Eliza Scanlen). Embora sejam muito diferentes entre si, são unidas por um forte laço de amor incondicional, em tempos difíceis.

Advertisement. Scroll to continue reading.

O longa tem previsão de estreia nos cinemas brasileiros em 9 janeiro de 2020 e traz no elenco nomes de peso como Meryl Streep, Laura Dern e Timothée Chalamet.


Imagens e vídeo: Divulgação/Sony Pictures

Advertisement. Scroll to continue reading.

Written By

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Filmes

Seleção da Mostra Premiére Brasil será anunciada em 21 de dezembro A direção do Festival do Rio anuncia que a edição de 2020, que...

Crítica

Giacomo Casanova é uma daquelas figuras históricas que, mesmo sem saber exatamente quem foi ou o que fez de relevante para a sociedade, todo...

Crítica

Num primeiro momento, “Partida” parece ser apenas mais um filme feito no calor dos acontecimentos das eleições presidenciais de 2018, usando as mesmas figuras...

Advertisement