Existem dois tipos de boardgames, e dentro deles, uma diversidade para agradar vários gostos. Conhecidos como Eurogame e jogos temáticos (vulgo Ameritrash) são como um norte para toda a gama de jogos existentes.

Em resumo, os Eurogames ficaram mais populares inicialmente na Alemanha, foram ganhando espaço e hoje são encontrados no mundo todo. O jogo é mais amistoso, tendo como característica principal não afetar diretamente o coleguinha que joga com você. Seu foco é o alto grau de estratégia, contando com a habilidade de planejar, executar e prever as ações do adversário. Geralmente não envolve sorte, é mais uma questão de escolher antes alguma opção que o jogo tem, deixando itens ou escolhas menos favoráveis ao jogo do oponente. Quando tem algum fator que precise de sorte, não é significativo ao ponto de definir quem ganha ou quem perde. Os jogos que são classificados como Euro, costumam envolver situações como administrar uma fazenda, ficar famoso em uma banda, construir uma cidade, trabalhar como comerciante, ser um explorador da terra média, e por aí vai.

São exemplos conhecidos de Euro: “Ticket to Ride”, “Carcassone”, “Catan”, “Five Tribes”, “Rock In Roll Manager“, entre outros.

Já o Ameritrash, ao contrário do que parece, não significa que são jogos americanos. O termo ficou conhecido no pós guerra, de forma pejorativa, e está sendo utilizado até hoje. Não são de exclusividade Americana, assim como não fabricam apenas jogos Ameritrash. Alguns lugares não usam mais essa denominação, e chamam de Amerigames.

Mesmo aqueles que não conhecem muito de boardgame, já ouviram falar de “War”, que além de ser um jogo muito conhecido, se encaixa nessa classificação. Hoje, o mesmo, conta com várias versões e é bem fácil de se encontrar nas lojas. Sua jogabilidade geralmente conta com o fator da sorte, é o tipo de jogo que encontramos os combates mais diretos, afetando seu adversário e atrapalhando a conseguir chegar em seu objetivo. Sua temática e estética são bem exploradas nesse tipo de jogo, as miniaturas são em grande maioria mais trabalhadas (quando tem miniaturas).

São exemplos conhecidos de Amerigames: “War”, “Battlestar Galáctica”, “Quartz“, entre outros.

Para um bom primeiro contato, é interessante selecionar um jogo mais curto, no qual as regras e a dificuldade sejam mais sucintas, a ponto do jogador conseguir entender o objetivo, fazendo o jogo fluir. E quando terminar sua primeira experiência, arrisque em um jogo mais demorado e mais longo até descobrir os boards que te interessam mais.

Outros termos conhecidos utilizados no universo dos Boards:

Abstract Games: São jogos que não dependem de um tema específico e sua jogabilidade é bem tranquila. Não costumam utilizar o fator sorte. Um exemplo bastante conhecido é o Boardgame AZUL, que nele você faz conjuntos de azulejos e conforme vai preenchendo, não pode ocupar com a mesma cor de azulejo. Existem outros jogos abstratos legais como: “Gizmos”, “Mancala”, “Rummikub”.

Family Games: Também conhecidos como “Jogos em Família” são os jogos que são mais leves, que geralmente agradam a várias idades e que podem ser jogados com poucas e muitas pessoas, dependendo de qual escolher e por serem curtos, pode jogar mais de uma partida. São eles: “Potion Explosion”, “7 Wonders”, “Ticket to Ride”, “Carcassone”, “Catan”, e um bem conhecido: “Uno”!

Gateway games: Também conhecido como “Jogos de entrada”, são indicados para quem ainda não conhece o universo dos boardgames. Suas regras e complexidade são menores e geralmente de curta duração. São ótimos para começar o dia de boards para quem já conhece também, há vários jogos interessantes. Como: “Survive: Escape from Atlantis!”, “Love Letter”, “Bang! The Dice Game”,” Takenoko”.

Party Games: Ótimo para estreiar aquele amigo que tem preconceito com os boardgames devido a fama dos jogos demorados, e das histórias que ouviu de quantas horas passaram jogando. Suas regras são fáceis de entender, e assim como a tradução “Party Games” ser jogos de festa, eles são para divertir a galera sem ficar um jogo massivo, podendo envolver mímicas, desenhos, adivinhações, criação de poções, ser um bom conhecer de músicas. Como: “Coup”, “King of Tokyo”, “Black Stories”, “Saboteur”, “Dobble”, “Dixit”, “Munchkin”, “Concept”, “When I Dream”, “Quartz”, “Nosferatu”, “Imagine”, “Pablo”, “DR. Eureka”, “Sushi GO!”.

Se você curtiu, fala para a gente nos comentários. Quem sabe não escrevemos uma lista falando um pouco mais sobre esses e outros boardgames.