Crítica: Jack Ryan (1ª Temporada)

O personagem “Jack Ryan foi criado pelo escritor Tom Clancy e já foi adaptado várias vezes para o cinema. Harrison Ford interpretou duas vezes em: “Jogos Patrióticos” e “Perigo Real e Imediato”, Alec Baldwin em “A Caçada ao Outubro Vermelho”, Ben Affleck em “A Soma de Todos os Medos” e Chris Pine em “Jack Ryan – Operação Sombra”. Algumas dessas adaptações foram bem-sucedidas, outras foram decepcionantes, a última adaptação para o cinema foi fracasso de crítica e público, e parecia que o personagem estava enterrado.

Depois de todas essas adaptações, a Amazon Prime Vídeo lança uma temporada com 8 episódios, contando a história de Ryan, quando era apenas um analista, tendo que entrar na ação para deter um terrorista. Parecia ser mais uma adaptação fadada ao fracasso, mas a série surpreende e cumpre aquilo que promete, tanto que já foi renovado para segunda temporada. A série tem todos os elementos de uma trama sobre atentado terrorista, ela funciona por ter ótimas cenas de ação, atores bem preparados, personagens bem desenvolvidos e um protagonista carismático.

Um dos grandes destaques da série é o seu elenco. John Krasinski está muito bem como Jack Ryan, apesar de ser apenas um analista nessa primeira temporada, o desenvolvimento do personagem é excelente, coerente com a narrativa e faz com que realmente ele surpreenda em sua atuação. Wendell Pierce também está muito bem como James Greer, o chefe de Ryan, o mais interessante que ao longo dos episódios seus personagem é desenvolvido e entendemos muitas das suas motivações e de seu passado, a química de Pierce e Ryan é o ponto alto da série, o carisma e a presença em cena dos atores é impressionante.

Outro ponto a ser destacado é o roteiro, apesar de ter a presença de inúmeros clichês de histórias sobre terrorismo, a trama não foca apenas em Ryan e sua equipe na caçada ao terrorista, ela se desenvolve e explora outros personagens que a princípio seriam coadjuvantes na história. O enredo cresce e foca na família do terrorista e aborda a questão dos imigrantes. O único ponto negativo é que a série não traz nada de novo e acaba perdendo bastante com isso, mas o carisma do protagonista, as cenas de ação e a edição frenética leva a série a outro nível. Ao final, já dá vontade de saber mais aventuras do personagem e sobre o seu passado e dos outros.

Jack Ryan vale muito a pena assistir, é aquela série que você vai querer fazer uma maratona e ficar aguardando a a segunda temporada. A série está disponível na plataforma de streaming Amazon Prime Vídeo, que está chegando ao mercado. É uma plataforma ainda em teste, então ainda ocorrem alguns problemas, mas é uma plataforma que tem ótimas séries e filmes para assistir, o preço é acessível e é mais uma opção para assinar.


Por Eduardo Chaves

Crítica: Jack Ryan (1ª Temporada)
8.5Pontuação geral
Votação do leitor 0 Votos
0.0