Connect with us

Hi, what are you looking for?

Crítica de Teatro

Crítica: O Tratado da Senhora Clap

No mês de setembro o teatro Cândido Mendes recebe a peça infantil “O tratado da senhora Clap”. A historia, baseada no livro “A senhora Clap e o Mundo na palma das mãos” (da portuguesa Marta Duque Vaz), encena uma conferência – na qual todos somos participantes – que trata da arte de bater palmas.

A senhora Clap gosta tanto de bater palmas, e bate com tanta vontade, que seu lado esquerdo fica todo transparente sempre que aplaude alguma coisa. De tanto gostar de aplaudir tornou-se uma aplausologista (aquela que investiga a arte de bater palmas em situações alegres ou tristes), e difundiu seus conhecimentos por meio de um tratado. E esse tratado é discutido de forma inteligente, musical e cativante pelos seus seguidores Maria João (MJ), Bigorna, professor Popowski, Torga e embaixadora.

A peça traz a discussão do vazio que se instala dentro de nós quando nos deixamos levar pela mídia e por tudo que a chuva de informações dos dias de hoje nos fazem acreditar que é bom ou ruim. Trata da cultura de consumo que ganha cada vez mais espaço dentro da sociedade, ao passo que as emoções e sentimento reais são deixados de lado, esquecidos… E ao longo da narrativa demonstra a beleza dos sentimentos reais e a importância de reafirmar a essa beleza, aplaudindo-a, é claro!

Advertisement. Scroll to continue reading.

Os temas tratados não são necessariamente fáceis, mas são abordados de forma muito leve, traduzindo questões do universo adulto para linguagem infanto-juvenil. Fazendo um “contra trabalho” aquilo que o público alvo recebe rotineiramente seja pela TV ou por smartphones.

O teatro auxilia na troca dos atores com o público devido à proximidade. Essa interação torna a experiência ainda mais rica. A peça pode ser um pouco cansativa para os pequenos em alguns momentos, mas, de forma geral, é bastante envolvente.

O elenco é composto pelos divertidos atores Bruno Trindade, Clara Serejo, Elenise Bandeira de Mello, Liv Izar e Vinicius Domingues. Direção de Cadu Cinelli e dramaturgia: Francisco Abreu.

Advertisement. Scroll to continue reading.

A montagem infanto-juvenil fica em cartaz no teatro Cândido Mendes (Rua Joana Angélica, 63 – Ipanema) durante todo mês de setembro aos sábados e domingos as 16 horas, e o ingresso custa R$40,00.

Reader Rating5 Votes
7.4
8
Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Geógrafa por formação, bailarina por amor e crespa por paixão, Lorena é uma estudante carioca que passa a vida em busca de soluções capazes de melhorar a qualidade de vida. Como boa taurina: é boa de garfo (e como come!) e amante das artes. Por isso se aventura em danças e circos para deixar a vida mais leve! Tem uma cabeça grande que nunca para de trabalhar e divide aqui na WOO suas loucuras e delícias.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Entrevistas

Alexandre Amaral, carioca, nascido no subúrbio do Rio de janeiro no Bairro do Engenho Novo, é ator, cantor e músico. Além disso, nas horas...

Entrevistas

Atriz já esteve presente em inúmeros projetos na TV e no Teatro Linda Lú já esteve em novelas como “Segundo Sol“, “Joia Rara” e...

Espetáculos

Seguindo recomendações do Ministério da Saúde, produção adiaprovisoriamente todas suas apresentações A produção do espetáculo “Entre o Céu e o Inferno” vem a público...

Espetáculos

A Wallaroo Corp., produtora responsável pelo espetáculo “Entre o Céu e o Inferno”, vem a público informar que as apresentações da peça marcadas para...

Advertisement

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.