Connect with us

Hi, what are you looking for?

Música

Música na Poesia e Poesia na Música

De certo estamos configurando uma reformulação na maneira de nos comunicarmos. Testemunhamos diversas frases curtas e de efeito usadas diariamente nas redes sociais. Efeito esse geralmente impactante, inspirador e pouco tempo dura. Frases soltas de poesias, músicas, textos, histórias. Mensagens que seriam muito mais enriquecedoras acompanhadas do seu devido contexto. Não estou dizendo aqui que isso seja necessariamente um problema. Afinal, muitas vezes não temos muito tempo e uma conferida rápida do que está acontecendo no universo virtual é tudo que temos, e deparar-se com uma frase, uma curta poesia, pode mudar sim o curso das decisões daquele dia. Contudo, não podemos e nem devemos nos limitar a curtas frases tendo em vista que entender todo o contexto da frase destacada, poderia fazer com que a mesma tenha efeitos mais duradouros e muitas vezes podem nos ensinar outras formas de pensar e atribuir mais sentido a uma frase desconexa.

Viajando pelo futuro, chegaríamos num ponto que não se valorizará poesias e livros, mas tão somente celulares e aplicativos.

Advertisement. Scroll to continue reading.

A  literatura em geral nos beneficia de várias formas, basta procurar nos livros o que condiz no momento particular de cada leitor. Da mesma maneira se dá a música, o que ouvimos e extraímos dela, varia de acordo com nosso estado e/ou contexto.

No intuito de valorizar a poesia cantada, recitada ou em livros, a seguir farei uma lista de 10 poesias musicadas que podem enriquecer nosso eu de várias formas. Importante ressaltar que no repertório musical brasileiro existem diversas poesias maravilhosas e incríveis que não cabem em apenas uma matéria. No entanto, quem pegar o ‘espírito da coisa’, pode dar continuidade a lista, que logo será quilométrica.

Canteiros – Fagner

Advertisement. Scroll to continue reading.

Quando penso em você fecho os olhos de saudade
Tenho tido muita coisa, menos a felicidade
Correm os meus dedos longos
Em versos tristes que invento
Nem aquilo a que me entrego
Já me dá contentamento

Pode ser até manhã, cedo, claro, feito dia
Mas nada do que me dizem me faz sentir alegria

Eu só queria ter do mato
Um gosto de framboesa
Pra correr entre os canteiros
E esconder minha tristeza

Advertisement. Scroll to continue reading.

E eu ainda sou bem moço pra tanta tristeza
E deixemos de coisa, cuidemos da vida,
Pois se não chega a morte ou coisa parecida
E nos arrasta moço sem ter visto a vida.

Monte Castelo – Legião Urbana

Ainda que eu falasse a língua dos homens
e falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria.

Advertisement. Scroll to continue reading.

É só o amor, é só o amor;
Que conhece o que é verdade;
O amor é bom, não quer o mal;
Não sente inveja ou se envaidece.

O amor é o fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.

Ainda que eu falasse a língua dos homens
e falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria.

Advertisement. Scroll to continue reading.

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É um não contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É um estar-se preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É um ter com quem nos mata a lealdade;
Tão contrario a si é o mesmo amor.

Estou acordado e todos dormem todos dormem, todos dormem;
Agora vejo em parte, mas então veremos face a face.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Cara A Cara – Chico Buarque

Tenho um peito de lata
E um nó de gravata
No coração
Tenho uma vida sensata
Sem emoção
Tenho uma pressa danada
Não paro pra nada
Não presto atenção
Nos versos desta canção
Inútil

Tira a pedra do caminho
Serve mais um vinho
Bota vento no moinho
Bota pra correr
Bota força nessa coisa
Que se a coisa pára
A gente fica cara a cara
Cara a cara cara a cara
Bota lenha na fornalha
Põe fogo na palha
Bota fogo na batalha
Bota pra ferver
Bota força nessa coisa
Que se a coisa pára
A gente fica cara a cara
Cara a cara cara a cara

Advertisement. Scroll to continue reading.

Tenho um metro quadrado
Um olho vidrado
E a televisão
Tenho um sorriso comprado
A prestação
Tenho uma pressa danada
Não paro pra nada
Não presto atenção
Nas cordas desse violão
Inútil

Tenho o passo marcado
O rumo traçado sem discussão
Tenho um encontro marcado
Com a solidão
Tenho uma pressa danada
Não moro do lado
Não me chamo João
Não gosto nem digo que não
É inútil

Vou correndo, vou-me embora
Faço um bota-fora
Pega um lenço agita e chora
Cumpre o teu dever
Bota força nessa coisa
Que se a coisa pára
A gente fica cara a cara
Cara a cara cara a cara
Com o que não quer ver.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Retrato do Artista Quando Coisa – Luiz Melodia

Borboletas
Já trocam as árvores por mim
Insetos me desempenham
Já posso amar as moscas
Como a mim mesmo
Os silêncios me praticam

De tarde
Um dom de latas velhas
Se atraca em meu olho
Mas eu tenho o predomínio
Por lírios

Advertisement. Scroll to continue reading.

Plantas desejam a minha boca
Pra crescer por cima
Sou livre
Para o desfrute das aves
Dou meiguice aos urubus
sapos desejam ser-me
Quero cristianizar as águas
Já enxergo o cheiro do sol

Luz do Sol – Caetano Veloso

Luz do sol,
Que a folha traga e traduz,
Em verde novo
Em folha, em graça, em vida, em força, em luz…

Advertisement. Scroll to continue reading.

Céu azul que vem até onde os pés
Tocam na terra
E a terra inspira e exala seus azuis…

Reza, reza o rio,
Córrego pro rio, o rio pro mar
Reza a correnteza, roça a beira, doura a areia

Marcha o homem sobre o chão
Leva no coração uma ferida acesa
Dono do sim e do não
Diante da visão da infinita beleza

Advertisement. Scroll to continue reading.

Finda por ferir com a mão essa delicadeza
A coisa mais querida
A glória da vida…

Todo Amor que Houver Nessa Vida – Cazuza

Eu quero a sorte de um amor tranquilo
Com sabor de fruta mordida
Nós na batida no embalo da rede
Matando a sede na saliva

Advertisement. Scroll to continue reading.

Ser teu pão
Ser tua comida
Todo o amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia

E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia que a gente nem vive
Transformar o tédio em melodia

Ser teu pão
Ser tua comida
Todo o amor que houver nessa vida
E algum veneno anti monotonia

Advertisement. Scroll to continue reading.

E se eu achar a tua fonte escondida
Te alcanço em cheio mel e a ferida
E o corpo inteiro como um furacão
Boca, nuca, mão e a tua mente não.

Casa no Campo – Elis Regina

Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa compor muitos rocks rurais
E tenha somente a certeza
Dos amigos do peito e nada mais

Advertisement. Scroll to continue reading.

Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa ficar no tamanho da paz
E tenha somente a certeza
Dos limites do corpo e nada mais

Eu quero carneiros e cabras pastando solenes
No meu jardim
Eu quero o silêncio das línguas cansadas
Eu quero a esperança de óculos

E um filho de cuca legal
Eu quero plantar e colher com a mão
A pimenta e o sal
Eu quero uma casa no campo

Advertisement. Scroll to continue reading.

Do tamanho ideal, pau-a-pique e sapé
Onde eu possa plantar meus amigos
Meus discos e livros e nada mais!
Onde eu possa plantar meus amigos

Meus discos meus livros e nada mais!
Onde eu possa plantar meus amigos
Meus discos e meus livros e nada mais!

Pra Declarar Minha Saudade – Maria Rita

Advertisement. Scroll to continue reading.

Fiz uma canção
pra declarar minha saudade
do tempo em que a alegria dominou
meu coração
eu era bem feliz
mas desabou a tempestade
levando um lindo sonho
pelas águas da desilusão

eu fiz uma canção
pra declarar minha saudade
usei sinceridade que me dá
certeza que você
quando ouvir o meu cantar
vai se lembrar que deixou
do lado esquerdo do meu peito
essa dor
que tá difícil de curar

tenho certeza que você
de onde ouvir
meu soluçar em forma
de uma canção
vai se lembrar
que o nosso amor é tão bom
e que pra sempre vai durar.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Réu Confesso – Tim Maia

Venho lhe dizer se algo andou errado
Eu fui o culpado, rogo seu perdão

Venho lhe seguir, vim pedir desculpas
Foi por minha culpa a separação

Advertisement. Scroll to continue reading.

Devo admitir que sou réu confesso
E por isso eu peço, peço pra voltar

Longe de você já não sou mais nada
Veja é uma parada viver sem te ver

Longe de você já não sou mais nada
Veja é uma parada viver sem te ver

Advertisement. Scroll to continue reading.

Perto de você eu consigo tudo
Eu já vejo tudo peço pra voltar.

Os Cegos do Castelo – Nando Reis

Eu não quero mais mentir
Usar espinhos que só causam dor
Eu não enxergo mais o inferno que me atraiu
Dos cegos do castelo me despeço e vou
A pé até encontrar
Um caminho, o lugar
Pro que eu sou

Advertisement. Scroll to continue reading.

Eu não quero mais dormir
De olhos abertos me esquenta o sol
Eu não espero que um revólver venha explodir
Na minha testa se anunciou
A pé a fé devagar
Foge o destino do azar
Que restou

E se você puder me olhar
E se você quiser me achar
E se você trouxer o seu lar

Eu vou cuidar, eu cuidarei dele
Eu vou cuidar
Do seu jardim
Eu vou cuidar, eu cuidarei muito bem dele
Eu vou cuidar
Eu cuidarei do seu jantar
Do céu e do mar, e de você e de mim.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Por Letycia Miranda

Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Literatura

Fé, ancestralidade e devaneios certeiros formam livro ‘Cem ruínas na esquina da poesia’, de Alvaro Tallarico O jornalista Alvaro Tallarico acaba de lançar o livro...

Música

Carol Mainá, a voz da nova MPB, lança música e clipe de com MARCEL nesta sexta-feira (7) Carol Mainá é uma grande promessa da...

Filmes

Mostra online e gratuita traz debates, bate-papo com as realizadoras e sarau de poesia De 07 a 11/04, a mostra Mulheres Árabes – Cinema &...

Música

Um dos pais da Bossa Nova é negro e gay. Thiago Pach reúne um time de peso para celebrar a obra de um do...

Advertisement