Essa semana estreia Simonal, o filme que conta a história deste cantor de grande importância para a cultura brasileira. O longa traz Isis Valverde, Fabrício Boliveira e grande elenco, tendo na direção, Leonardo Domingues.

Enquanto esperamos para o lançamento de mais uma cinebiografia sobre astros da música nacional, a Woo! Magazine listou para você outros filmes nacionais do gênero, que precisam ser assistidos.

1. Cazuza – O tempo não para (2004)

O longa retrata a vida de Agenor, o famoso Cazuza. Garoto zona sul, poeta, compositor e cantor que teve seu começo de carreira na banda Barão Vermelho. O longa retrata os altos e baixos do artista, sua relação com a família e os amigos e a luta dele contra a Aids na década de 80, uma doença ainda desconhecida e fatal.

2. Tim Maia (2014)

A trama é baseada no livro “Vale Tudo – O Som e a Fúria de Tim Maia” de Nelson Mota e narra a trajetória de um morador do bairro Tijuca no Rio que se chamava Sebastião e ficou conhecido como Tim Maia. O longa mostra a infância, as primeiras bandas, o jeito explosivo de ser, os erros e acertos, a aventura pelos EUA, o auge da carreira, as decepções, a entrega às drogas, as brigas e por fim, a sua trágica morte.

3. Elis (2016)

“Elis” retrata vida cantora a partir do momento em que ela deixa sua terra natal no Rio Grande do Sul para ir em busca do seu sonho no Rio de Janeiro: ser uma cantora profissional conhecida. Ela começou a cantar em bares e conheceu Mielle e Ronaldo Bôscoli, produtores musicais. Rapidamente, com uma voz única, Elis conquistou uma legião de fãs, foi estrela da TV ao lado de Jair Rodrigues, teve um casamento conturbado com Bôscoli e era bem briguenta para a imprensa. Um dos momentos mais delicados é quando ela é obrigada a cantar para os militares da Ditadura e sua carreira tem uma queda. Mas nada como se reerguer, viver uma nova vida, mas infelizmente ter uma morte precoce.

4. Dois filhos de Francisco (2005)

A cinebiografia dos irmãos Mirosmar e Emival, cantores de sertanejo de grande nome no país e mais conhecidos como Zezé di Camargo o Luciano. O filme conta a história da dupla desde a infância até os dias atuais, passando pela começo de carreira humilde, as dificuldades e o sucesso. Tudo isso com o apoio e esforço do pai, seu Francisco e da mãe Helena

5. Gonzaga de pai para filho (2012)

Não basta um longa que conta a história do Rei do Baião, mas sim a relação dele com seu seu filho e também cantor Gonzaguinha. O filme relata a trajetória de Luiz Gonzaga desde sua saída do interior de Pernambuco até sua ascensão já no Rio de Janeiro, passando pelas apresentações na rua, pelas dificuldades, pelas amizades e pelos amores. No começo de carreira ele conhece Odaléia e do fruto desse casamento nasce Luizinho, o Gonzaguinha. O filho acaba sendo criado por um casal de amigos de Gonzagão por causa do falecimento da mãe e a agenda de shows do pai. Desde então a relação entre os dois é conturbada, mas com a decadência da carreira, o Rei do Baião aceita fazer uma turnê com o filho Gonzaguinha.

6. Somos tão jovens (2013)

O jovem Renato Russo mora em Brasília com a família e junto com os seus amigos começa a se interessar por música. O rock, e mais especificamente o punk, que na época era um febre entre os jovens. Ele se junta com alguns amigos e monta a banda Aborto Elétrico. Mas o temperamento difícil do vocalista acaba gerando algumas brigas que fazem com a banda se desfaça. Mas algum tempo depois ele volta aos palcos com o grupo Legião Urbana e o sucesso é nacional.

7. Minha fama de mau (2019)

No coração do Rio de Janeiro, na década de 60, o jovem Erasmo Carlos se apaixona pelo rock an roll. Por causa disso ele aprende a tocar violão e sonha em ser um rock star. Sua fama o aproxima de Roberto Carlos e juntos se tornam grandes amigos e parceiro de música, sendo o artistas mais aplaudidos da época junto com Vanderleia na Jovem Guarda.

8. Legalize Já (2018)

Está aí uma história que poucos conhecem: a vida de Marcelo D2 antes da carreira solo e da banda Planet Hamp. O rapper conheceu Skunk por acaso e aos poucos a parceria foi surgindo. Marcelo abandou a vida de vendedor e foi correr atrás do sonho com o amigo de fazer a música que gostasse, pouco valorizada no país e de cunho social. Juntos eles formam a banda Planet Hamp.

9. Pixinguinha: Um homem carinhoso (2017)

Alfredo da Rocha Vianna Junior foi um dos maiores músicos do país e até hoje sua canção Carinhoso embala muitos amores. Não poderia faltar um filme sobre ele. O longa mostra a trajetória de Pixinguinha, desde a sua infância até o seu falecimento aos 76 anos passando pelo seu relacionamento com Beth . Apesar de pouco conhecido, a trama merece uma atenção especial pelo fato de lembrar alguém tão importante para a nossa música.
Cinebiografias de cantores brasileiros são essenciais para que diversas gerações conheçam aqueles que fazem e fizeram parte da história musical do país. Com certeza já escutamos os clássicos de cada uma desses artistas, mas talvez, nunca tínhamos antes entendido suas origens, como lutaram, como sofreram, como foram únicos. Então, que bom que através da música e da sétima arte eles estão eternizados na memória.

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Tami Aimée

Ela é a linha tênue entre a tranquilidade e a persistência. Um encontro divertido entre a calma e a dedicação. Uma jornalista que ama e se encanta com o que faz, aprende sorrindo e aceita que o erro é possível e faz parte da natureza humana. Entre um minuto e outro escreve, lê, escuta, canta, produz, analisa, aprecia... Essa é a Tamiris Aimée, essa é a Tami Aimée!

Previous A sequência de As Branquelas não vai acontecer
Next CCXP 2019 – 80 anos do Batman é o tema das credenciais

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close