Para quem gosta de cinema francês “A família Bélier” é uma ótima pedida. Se você se identifica com o humor francês então, nem se fala.

O filme é dirigido por Eric Lartigau, e aborda de forma leve temas importantes como surdez, a montanha russa que é a adolescência e a política. Por mais que durante o roteiro a questão política seja deixada um pouco de lado no decorrer do filme.

A premissa da obra não é muito original, uma vez que o que mais temos por aí é a história de uma garota tímida que descobre um grande talento – nesse caso o dom de cantar – causando inúmeros problemas no decorrer do filme. Mas quem não gosta de um roteiro assim?

Os personagens

Quando a personagem principal Paula (Louane Emera) se interessa por alguém e descobre o seu dom para a música, ela resolve entrar para o coral da escola não só para aprender a cantar, mas também para ficar perto do rapaz de quem gosta e, com isso, temos acesso a algumas músicas que são bastante conhecidas pelos franceses, entre elas “Je Vole” que fala exatamente sobre a questão de desprendimento e da passagem da infância para a fase adulta.

É preciso destacar a interpretação de Karin Viard, que faz Gigi Bélier (mãe da personagem principal) e François Damiens, no papel de Rodolphe Bélier (pai da personagem principal). Afinal, ambos trazem um equilíbrio essencial para a história, transitando de forma maestral entre o drama e a comédia sem nenhuma dificuldade, deixando o filme bem leve e com sequências um tanto divertida. Mesmo os dois sendo muito engraçados em cena, em todo o momento mostraram respeito quanto à realidade das pessoas surdas-mudas.

As histórias paralelas

Além da vida de Paula, no roteiro há também outras histórias paralelas acontecendo. No meio da descoberta para a música, temos também a sua descoberta amorosa e a vontade do pai se tornar prefeito. Porém, com o decorrer do filme, essas outras histórias são deixadas de lado, focando principalmente na questão musical.

Vale a pena assistir “A família Bélier”, um pouco de drama, um pouco de comédia e bastante música francesa são ótimos para passar o tempo e aproveitar um pouquinho mais do que o cinema francês tem para nos oferecer.

Sinopse

Paula é uma adolescente que enfrenta todas as questões comuns de sua idade: o primeiro amor, os problemas na escola, as brigas com os pais. Mas a sua família tem algo diferente: seus pais e seu irmão são surdos e é ela quem administra a fazenda e traduz a língua de sinais nas conversas com os vizinhos. Um dia, porém, ela descobre ter o talento para o canto e que pode integrar uma escola prestigiosa em Paris. Agora, Paula precisa fazer uma escolha que a distanciará da família e a forçará a crescer.

“A família Bélier”

Data de lançamento: 25 de dezembro de 2014 (Brasil)

Direção: Eric Lartigau

Música composta por: Evgueni Galperine e Saha Galperine

Indicações: César de Melhor Filme, César de Melhor Atriz, entre outros.

Prêmio: César de Melhor Atriz revelação

Elenco

Karin Viard como Gigi Bélier

François Damiens como Rodolphe Bélier

Éric Elmosnino como Thomasson

Louane Emera como Paula Bélier

Roxane Duran como Mathilde

Ilian Bergala como Gabriel

Luca Gelberg como Quentin Bélier

Mar Sodupe como Mademoiselle Dos Santos

Stéphan Wojtowicz como Lapidus

Jérôme Kircher como Dr. Pugeot

Bruno Gomila como Rossigneux

Clémence Lassalas como Karène

Ánderson Lard como Edgar legrant