Uma realidade pós-apocalítica e muito clima nonsense são um pouco da base que fizeram esse desenho tão popular. “A hora da Aventura” (Adventure time) Chega ao fim em 2018 com promessas de uma grande batalha final e muitos mistérios solucionados.

A animação americana foi criada por Pendleton Ward para ser transmitida pelo Cartoon Network e é derivada de um curta. Segue as aventuras de Finn (dublado por Jeremy Shada), um garoto humano aventureiro e de bom coração e o seu melhor amigo e irmão adotivo Jake (dublado por John DiMaggio). Jake é um cão com muitos poderes e pode alterar sua forma e tamanho do jeito que quiser e achar necessário. Os personagens vivem na Terra de Ooo.

Outros personagens do reino que fazem parte do elenco fixo são a Princesa Jujuba (dublada por Hynden Walch), o Rei Gelado (dublado por Tom Kenny) e Marceline, a Rainha dos Vampiros (dublada por Olivia Olson).

O formato dos episódios é curto, mais ou menos 11 minutos cada. O Piloto foi produzido em 2007 nos Estados Unidos e o desenho chegou no Brasil em 2010, quando foi oficialmente lançada sua primeira temporada no mundo.

A série tem tido sucesso de público e crítica desde então. Teve várias nomeações para o Annie Award, com duas vitórias, cinco para o Prêmio Emmy do Primetime, com uma vitória apenas, e duas nomeações para o Critics’ Choice Television Award e para o Festival Sundance de Cinema, entre outros. Em 2013, a série ganhou um Motion Picture Sound Editors Award, o Emmy mencionado acima, e um prêmio British Academy Children’s Award. A sua adaptação spin-off para os quadrinhos ganhou um prêmio Eisner Award e dois Harvey Awards. Além disso, a série já inspirou várias coleções de roupas e merchandise relacionados, jogos eletrônicos e quadrinhos.

A série lembra os jogos de RPG. Para surpresa de muitos, é produzido via animação desenhada à mão. Os episódios são desenvolvidos através do processo de storyboard, e um um único episódio demora aproximadamente entre oito a nove meses para ser terminado, apesar de vários episódios serem feitos simultaneamente.

Além das 9 temporadas e do curta que deu origem, também têm especiais de verão, de Halloween (como vimos aqui), 10 curtas, adaptações para jogos, quadrinhos e muitos produtos de merchandise.

Para quem acompanha, sempre se tem muitas dúvidas. Nem sempre, temos respostas para toda a loucura que acontece. Um dos grandes mistérios, que era o que afinal aconteceu com a  humanidade, tinha sido parcialmente revelado. Sabíamos que arte da humanidade foi exterminada depois que a Terra foi devastada por um holocausto nuclear. A minissérie “Hora de Aventura: Islands.” enfim elucidou tudo. A maior parte da humanidade saiu do continente em busca de segurança, Finn faz parte do pessoal que ficou para trás. Na minissérie Islands, o público descobre que os poucos sobreviventes humanos fugiram para uma cadeia distante de ilhas para reconstruir sua sociedade. Mas também percebemos que não deu nada certo.

Para realmente entender toda a atrama é preciso ver todos episódios.  Capítulos vistos aleatoriamente podem ser divertidos, mas muitas vezes não farão o mínimo sentido.

A ordem das temporadas:

1ª Temporada (2010): Arco Finn e Jake

2ª Temporada (2010-2011): Arco Lich

3ª Temporada (2011-2012): Arco Rei Gelado

4ª Temporada (2012): Arco Princesa de Fogo e Lembranças do Passado

5ª Temporada (2012-2014): Arco Prismo

6ª Temporada (2014-2015): Arco Martin e Orgalorg

7ª Temporada (2015-2016): Arco Jujuba

8 ª Temporada (2016-2017): Arco (Elementos)

9ª Temporada (2017-2018): Arco Batalha Final

A última temporada de “Hora de Aventura” foi dividida. Cada bloco tem quatro episódios, que foram lançados a cada três meses. Com os últimos quatro tendo sido lançados na última semana, a expectativa é que o último vá ao ar mais ou menos em Junho.

Confira o teaser de “The Ultimate Adventure”.

Todo mundo assistindo usando o chapéu do Finn :´(

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Tathiana Tato

Tem um conhecimento amplo de coisas inúteis, porém divertidas, como saber por que existe aquele ditado. Ama ler, viajar, novidades, conhecer pessoas, comer bem (casou com um chef), ouvir e contar histórias. Foi escoteira e até hoje está sempre alerta.

Previous Naomi Campbell ganhará o prêmio de Fashion Icon da CFDA
Next Crítica: Híbridos – Os Espíritos do Brasil

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close