Connect with us

Hi, what are you looking for?

Listas

Setembro Amarelo: séries para pensar a saúde mental

13 reasons why
Imagem: Divulgação/Netflix

Neste post, trazemos uma lista de sete séries para pensar sobre saúde mental. Isto porque estamos no Setembro Amarelo, mês dedicado à conscientização e à prevenção do suicídio. E como já sabemos, a arte vai muito além de apenas entreter. Ela também retrata questões sociais profundas, sendo uma grande aliada nos debates, como veremos a seguir. [Alerta de Gatilho: transtornos psíquicos e suicídio]

A Maldição da Residência Hill

Maldição da Residência Hill
Imagem: Divulgação/Netflix

Uma família é atormentada por espíritos durante a reforma de uma casa, a Residência Hill. Contudo, os eventos que eles presenciaram naquele período os acompanham durante o resto de suas vidas. Afastados, eles se reúnem no funeral de Nell (Victoria Pedretti), que decidiu tirar a própria vida. Aos poucos, fica claro que os traumas e inseguranças de cada um são ainda piores que os eventos do passado.

Mr. Robot

Mr Robot
Imagem: Divulgação/Space

Em quatro temporadas, acompanhamos o programador Elliot Alderson lutando contra o sistema das grandes corporações. Mas além disso, Elliot precisa lutar contra sua própria mente com suas crises de ansiedade e o transtorno de personalidade antissocial, que o impedem de manter relacionamentos saudáveis até mesmo com sua irmã. Além disso, o abuso de drogas lícitas e ilícitas também é uma questão muito bem colocada.

Homecoming

Homecoming
Imagem: Divulgação/Amazon Prime

Essa série de Sam Esmail, que também é o criador de “Mr. Robot”, fala sobre a tentativa de reintegrar na sociedade soldados com stress pós-traumático. A história fala sobre um centro experimental de tratamento para esses soldados, onde tudo é perfeito. No entanto, com várias tentativas de fuga e suicídio, as coisas não são tão boas o quanto parecem.

13 Reasons Why

13 reasons why
Imagem: Divulgação/Netflix

Essa série chegou na Netflix causando muita polêmica. Isso porquê trata de um tabu: o suicídio na adolescência. Na trama, o jovem Clay tem acesso às 13 razões que levaram sua amiga a se suicidar, gravadas em fitas. Os motivos vem com instruções direcionadas à diferentes pessoas, que também estão entre as razões que a fizeram acabar com a própria vida.

Euphoria

Euphoria
Imagem: Divulgação/HBO

Essa série da HBO conseguiu reunir diversos tabus da adolescência. A série gira em torno da jovem Rue (Zendaya), que sofre desde a infância com transtorno de ansiedade. Incapaz de lidar com o problema, a jovem se entrega às drogas o que a faz desenvolver outro problema, a euforia. Não bastasse isso, a série retrata também os dilemas da sexualidade, violência e comportamento de risco não apenas de Rue, mas de todos os jovens com os quais convive.

I Know This Much is True

I know this much is true
Imagem: Divulgação/HBO

Essa minissérie da HBO conta uma complexa história. Mark Ruffalo interpreta os gêmeos Dominick e Thomas. Após um surto psicótico de Thomas, o pintor divorciado Dominick precisa cuidar do irmão. Juntos novamente, os dois embarcam numa jornada intensa de resgate de traumas do passado, enquanto tentam perdoar um ao outro. Ao longo do desenvolvimento da série, os diálogos são acompanhados de pausas em silêncio absoluto, deixando o espectador imerso na angústia dos dois.

Sessão de Terapia

Sessão de Terapia Setembro Amarelo
Imagem: Divulgação/GNT

“Sessão de Terapia” é uma série brasileira muito interessante para o Setembro Amarelo, pois ela apresenta o caminho para tratar das angústias e transtornos psíquicos das pessoas. A cada episódio, uma sessão de psicanálise conduzida por Theo (interpretado por Zé Carlos Machado). A cada consulta, um paciente diferente relata suas dores, emoções e alegrias. Tudo é conduzido com muita sinceridade, o que nos faz sentir empatia pelos personagens, o que é fundamental para uma série.

Por fim, gostaríamos de reforçar que o conteúdo das séries desta lista pode não ser adequado para pessoas em sofrimento. Além disso, lembre-se sempre: sua vida é mais importante que qualquer coisa. No Setembro Amarelo ou no resto do ano, ligue 188 – Centro de Valorização da Vida, caso precise ou saiba de alguém que precise de apoio.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Written By

Bibliotecária, doutoranda em História das Ciências, e das Técnicas e Epistemologia. Apaixonada por cinema, séries e cultura em geral. Sem Os Goonies talvez não estivesse por aqui.

1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Meghan Markle e Lady Gaga falam sobre saúde mental em série documental da Apple TV+ | Woo! Magazine

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Listas

As aberturas das séries, em sua maioria, servem para motivar o espectador a assistir o programa, enquanto conhece aqueles que participaram da produção. E...

Listas

Muitas pessoas não assistem séries com o argumento da falta de tempo ou de não conseguir ficar muito tempo acompanhando a mesma história por...

Séries/TV

O segundo de dois episódios especiais da série dramática da HBO vencedora do Emmy, “Euphoria”, chegará às telas no dia 24 de janeiro de...

Séries/TV

Criador da série Sam Levinson e show exclusivo de Labrinth também são destaques do painel no dia 6 de dezembro, no Thunder Arena A...

Advertisement