Agosto já está quase no fim, mas a Bienal do Livro começou com todo gás nesta sexta-feira (30). Pela 19ª vez no Riocentro, na Barra da Tijuca, o evento atrai milhares de apaixonados pelo universo literário durante todos os dias. Vale lembrar que, neste ano, a feira ocorrerá até o dia 8 de setembro. Por isso, fizemos uma listinha com dicas infalíveis para encarar essa maratona.

1 – Água nunca é demais! 

Em todos os pavilhões, há bebedouros disponíveis. Ou seja, a garrafinha tá liberada, pessoal! Com tantos estandes e atrações no evento, a hidratação é fundamental. Fora que a economia é bem maior.

2 – Leve lanches práticos

Infelizmente, alimentação na Bienal é algo bem caro. Além disso, as filas são beeeeeeeem chatinhas. Então nada como levar tudo de casa, de preferência barras de cereal, biscoitos e sanduíches. Ainda rola de fazer um piquenique com a galera nos gramados entre cada pavilhão do Riocentro.

3 – Conforto é fundamental

Bienal é sinônimo de andar MUITO! E arrumar um cantinho para descanso é praticamente impossível nos dias mais cheios, como fins de semana. Então, roupas mais largas e tênis é a melhor opção. No final do dia, seu corpo agradecerá bastante.

4 – Planeje-se

É interessante já ter em mente tudo o que se quer ver e comprar, afinal, são várias opções oferecidas. Faça uma lista com os livros que deseja adquirir, as palestras ou debates que deseja participar. Muitos, inclusive, há distribuição de senhas e costumam ser bastante concorridos. No site da Bienal há a programação completa, assim como no app, disponível para Android e iPhone. 

5 – Não compre no primeiro estande

Dê uma pesquisada antes porque, às vezes, você pode encontrar um mesmo livro por um preço bem mais barato em outra distribuidora. E se você é um daqueles que costuma chegar bem cedo, vá primeiro nos estandes das editoras mais ‘badaladas’, porque eles sempre ficam lotados, principalmente à tarde e nos fins de semana.

 

6 – Leve dinheiro em espécie

Não curte enfrentar fila?! Levar o dinheiro trocado pode ser uma mão na roda. Geralmente, quem não paga com cartões de crédito ou débito passa na frente.

7 – Leve carregador de celular

Portátil ou com fio, um carregador é fundamental. Até porque, não faltam espaços para a galera tirar fotos ou gravar stories, como nos estandes da Intrínseca (Pavilhão Azul), Faro Editorial (Pavilhão Azul), Mauricio de Sousa Produções (Pavilhão Laranja) e muitos outros. E pode relaxar, pois por todos os pavilhões há locais para recarga.

8 – Combine um ponto de encontro

Isso vale tanto para antes de entrar, quanto lá dentro, se estiver com um grupo maior. Afinal, se perder na Bienal é muito fácil. Então aproveite o momento em que estão juntos logo no início do dia para combinar um ponto de fácil acesso e identificação para encontrar a galera caso alguém se perca.

9 – Dê chance aos novos autores

Bienal é o melhor momento para conhecer nossos autores favoritos e poder prestigiar de pertinho o trabalho de cada um. E, por que não, descobrir novos talentos?! Do romance aos thrillers, não faltam nomes na cena atual. Todos os dias, há centenas de lançamentos no evento. É a oportunidade de se deixar cativar por cada obra.

Imagem: Reprodução/Manuela Scarpa

10 – Livros também são hightechs

Uma novidade incrível dessa edição são os estandes voltados para tecnologia, sobretudo os da Amazon (Pavilhão Verde), Microsoft (Pavilhão Azul) e Submarino (Pavilhão Azul)Desde palestras à workshops de games ou utilização de plataformas (principalmente as de e-books), não faltam opções além dos livros. Vale dar aquela conferida!