Antes de falar sobre “Anonymous Animals“, vale fazer duas reflexões:

1ª — muitos que comem carne podem desconhecer a forma como os animais são abatidos. Bom, para ser direto, basta dizer que os matadouros são como campos de concentração, onde seus prisioneiros esperam em fila para serem mortos por uma pistola pneumática.

2ª — Agora, e a caça esportiva? Essa prática tão antiga como cruel e patética? Ela ainda é tratada com normalidade em certos países, o que é um absurdo visto que estamos em um século que preza pela inteligência.

Para fazer com que as pessoas pensem nas práticas citadas acima, este filme francês, “Les Animaux Anonymes“(em seu nome original) propõe, através do horror, que os espectadores sintam na pele o sofrimento dos animais.

A história é basicamente uma série de vinhetas ilustrando prisioneiros humanos sendo literalmente tratados como animais por figuras humanoides com cabeças de cães, veados e bois – Não se sabe quem ou o que exatamente são essas pessoas, e talvez o filme não dê essas respostas.

Como se trata de um filme independente, e de baixíssimo orçamento, ainda não há uma data de estreia mundial, mas ele terá sua primeira exibição em outubro durante o Sitges International Film Festival, que é voltado aos filmes fantásticos e que é realizado na Catalunha.

Les Animaux Anonymes” é dirigido por Baptiste Rouveure e estrelado por Thierry Marcos, Aurelièn Chilarski, Pauline Guilpain, Emilien Lavaut.


Vídeo e Imagem: Anonymous Animals Films


Apoia-se

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Rodrigo Chinchio

Formou-se como cinéfilo garimpando pérolas nas saudosas videolocadoras. Atualmente, a videolocadora faz parte de seu quarto abarrotado de Blu-rays e Dvds. Talvez, um dia ele consiga ver sua própria cama.

Previous “Os Sete de Chicago”: Netflix libera o trailer
Next Rickon Stark quase ficou fora da série “Game of Thrones”, diz George R. R. Martin

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close