A cultura pop, ou geek como vem sendo nomeada mais recentemente, já existe há algumas décadas, porém sempre restrita a pequenos grupos de fãs de atrações específicas. Porém isso está mudando desde a maciça utilização da internet e à exposição que ela permite, e essa dedicação à ficção científica, heróis e fantasia cresce exponencialmente. Da mesma forma a lista de títulos idolatrados por fãs ao redor do mundo todo, também vem crescendo vertiginosamente. Entretanto existe uma saga que já é querida desde o final da década de 1970 e a cada ano vem ganhando mais e mais fãs ardorosos: Star Wars.

Com a recente retomada da Disney em produzir filmes tanto da cronologia oficial quanto de spinn-offs o culto à franquia tornou-se a mais popular entre os adeptos da cultura pop.  Com isso também cresce o número de eventos dedicados ao tema. E aqui no Brasil temos um destes eventos que já chega à sua décima oitava edição: a JEDICON®, que é uma convenção totalmente dedicada a Star Wars, produzida e organizada pelos Conselhos Jedi no Brasil.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A reunião, já tradicional no calendário da cidade de São Paulo, reuniu no último sábado (21/10) fãs, admiradores, lojistas, cosplayers e especialistas ao longo de 8 horas de atrações​ ​sobre​ ​o​ ​universo​ ​de​ ​STAR​ ​WARS. A comemoração especial desta edição foi a celebração de 40 anos do lançamento do primeiro filme de Star Wars, além de uma homenagem especial à atriz Carrie Fischer.

Para um evento deste porte, todos esperam uma programação empolgante, e ela realmente foi incrível. Eu estive lá desde a abertura e vou passar aqui os principais pontos da programação e dos atrativos em geral nos quatro andares da FAPCOM.

Pontualmente às 10h30 houve a Abertura oficial do evento com a palavra do presidente do CJSP, Marcelo Chewie Forchin. Ele deu um parecer geral sobre o histórico destas reuniões, das atividades do Conselho Jedi e das atrações que teríamos no dia. Em paralelo, já se iniciava a apresentação do Blades Saber Team, um grupo de coreografias com sabres de Luz. O objetivo do time é recriar as cenas de lutas dos filmes em que se utilizam os sabres de luz. Desnecessário dizer que é um espetáculo visual impagável!

Logo em seguida o auditório principal recebeu um debate inusitado, a discussão do EPISÓDIO VIII pelo olhar das crianças. Sim, havia muitas crianças presentes no evento e elas tiveram esse espaço para elas sobre suas expectativas. Logo depois teve início o Painel COSPLAYERS, onde Marcia Anasazi, Yasmim Yachouh, Roberto Moriama e Dilermando Zanella falaram sobre a experiência de fazer cosplay.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Como falamos, a programação foi intensa, e em paralelo acontecia o Painel FORCES OF DESTINY, em que Anna Gabriela Freitas, Lisa Starbuck e Raul Maia, membros do CJSP, comentaram sobre a mais nova animação de Star Wars, protagonizada pelas personagens femininas da saga. Um pouco mais tarde tivemos um bate papo com FLAVIO TEIXIEIRA DE JESUS, roteirista da Mauricio de Souza Produções, sobre os 20 anos de Coelhada nas Estrelas e as sátiras cinematográficas da Turma da Mônica.

De volta ao auditório principal, uma ótima entrevista com o desenhista LUKE ROSS, atualmente responsável pelas revistas Thrawn e Darth Maul, na Marvel Comics, e autor da arte exclusiva que estampou a camiseta da Jedicon SP 2017. O artista contou sobre o início de sua carreira nos quadrinhos, a experiência de ser um fã desenhando Star Wars e ainda comentou sobre algumas artes e páginas exibidas no telão. Em seguida ele passou a tarde dando autógrafos nos pôsteres distribuídos ao público. Continuando no palco principal, o fotógrafo GUSTAVO ARRAIS, falou sobre seu projeto Fraternidade sem Fronteiras. Na sequência de bate papos, veio o ator GIULIANO BORTOLUCI, dublê na empresa Dublês 360º, sobre técnicas e a arte de fazer as cenas de ação mais perigosas do cinema.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por volta das 15h chegou um dos momentos mais aguardados do evento, a apresentação da BANDA MARCIAL DE CUBATÃO, executando diversos temas da trilha sonora de Star Wars. Foi incrível presenciar as músicas ao vivo acompanhadas por light sabers erguidos por toda a plateia.

Um dos pontos mais altos do evento definitivamente é a exibição de cosplays por dezenas de fãs que ficam circulando e posando para fotos. A qualidade das fantasias é incrível de tão realista. Faz realmente parecer que estamos vivendo nu universo de SW. Para celebrar essa prática, às 16h teve um rápido CONCURSO DE COSPLAY adulto e infantil.

Logo em seguida o Painel 40 anos de Star Wars contou com os participantes Silvia Penhalbel (jornalista), Carol Pimentel (editora da Panini), Mauricio Muniz (jornalista e editor), Marcelo Eduardo Cruz (Portal Jedicenter), Paulo Gustavo Pereira (jornalista) e Marcelo Salsicha (dublador) para debaterem sobre a mágica encantadora da saga. Finalizando o dia cheio, a banda THE SCREENERS se apresentou no palco paralelo tocando as músicas de SW com arranjos de rock.

Além de toda essa programação oficial promovida pelo Conselho Jedi, o evento ainda contou com apresentações do GEEK BATERA, que faz arranjos de bateria em cima de trilhas sonoras. No terceiro andar rolou o Campeonato​ ​de​ ​Star​ ​Wars​ ​Destiny durante a tarde inteira. Foi a primeira vez desse tipo de campeonato na Jedicon. A Editora​ ​Aleph​ promoveu o lançamento do novo título ​Star​ ​Wars:​ ​Thrawn, que estava à venda em primeira mão. Fora tudo isso ainda estavam presentes dezenas de stands com todo o tipo de memorabília relacionada à Star Wars.

Definitivamente a JediCon é um evento de alto nível, muito bem planejado e organizado, que proporciona uma experiência indescritível aos fãs da saga! Que venham mais 18 edições, no mínimo!!

Este slideshow necessita de JavaScript.