Connect with us

Hi, what are you looking for?

Filmes

Paramount na CCXP Worlds: Estúdio levou Neve Campbell, Henry Golding e Andy Garcia para a Thunder Arena

neve campbell na CCXP
Imagem: Divulgação/CCXP

A noite desta sexta-feira, dia 4, foi marcada pelas atrações da Paramount Pictures na CCXP Worlds e o público conectado na Thunder Arena teve acesso exclusivo a entrevistas e mensagens especiais com talentos do estúdio!

Logo de cara todos literalmente levaram um “susto” com a ligação do assassino mais famoso dos anos 90 que está de volta… Ghostface! O apresentador Marcelo Forlani teve que seguir direitinho as suas instruções e teve um encontro com o elenco do novo “Pânico”!

Neve Campbell e os atores da nova geração do filme de terror mandaram uma mensagem especial aos fãs brasileiros sobre o término das filmagens e a expectativa para a chegada do filme nos cinemas! Todos disseram amar o Brasil e que a ansiedade está grande para a chegada do novo “Pânico” às telonas!

Advertisement. Scroll to continue reading.

Saindo do terror e indo para o mundo das artes marciais, a Paramount trouxe o queridinho de Hollywood, Henry Golding, protagonista de um dos lançamentos do estúdio em 2021, “G.I. Joe Origens: Snake Eyes” para aumentar a ansiedade e expectativa dos fãs para o filme focado no personagem!

Junto com o criador dos quadrinhos G. I. Joe, Larry Hama, Golding revelou que “G.I. Joe Origens: Snake Eyes” traz em detalhes como surgiu e o lado humano de Snake Eyes, que sempre foi um mistério no universo G. I. Joe. “Suas fraquezas, falhas, a relação com o irmão, e claro, toda emoção ao derrotar os obstáculos que aparecem à sua frente”, contou o ator.

Larry Hama disse que as artes marciais são o grande diferencial deste filme em relação aos outros de G.I. Joe e são essenciais para a história. Falando sobre as cenas de luta, Golding garantiu que os fãs vão pirar e revelou que ele suou a camisa nas gravações.

Advertisement. Scroll to continue reading.

“Temos cenas incríveis no Japão. Iko Uwais me destruiu, não vou mentir… a coreografia dele é de enlouquecer! Ele é fenomenal!”, contou Golding, após receber a ‘visita’ do colega de elenco no painel.

Uma grande surpresa foi a aparição de Úrsula Corberó, atriz aclamada por fãs do mundo todo e que é parceira de Golding em “G. I. Joe Origens: Snake Eyes”, vivendo a Baronesa. Úrsula perguntou ao colega qual a reação dele ao ser escalado para viver Snake Eyes e a resposta de Golding não poderia ser diferente: muita empolgação e emoção.

“Ter a oportunidade de calçar os sapatos dele (Snake Eyes) e viver esta geração do personagem representou muito para mim!”, afirmou.

Na sequência a Paramount trouxe um clássico para a Thunder Arena e com uma entrevista de Marcelo Forlani com Andy Garcia, falando da reedição de “O Poderoso Chefão – Parte III”, que ganhou, entre outras coisas, um novo nome: “O Poderoso Chefão – Desfecho: A Morte de Michael Corleone”. Já nos cinemas, o filme é a estreia mais comentada da semana e tem sido muito elogiado pela crítica. O ator disse ter ficado muito emocionado ao assistir a nova versão recentemente junto com Al Pacino e outros colegas de elenco. “Sou muito orgulhoso de ter participado disso. Estar junto com esses atores e nessa trilogia foi uma benção para mim como ator”, falou Garcia. O papel do mafioso Vincent Mancini rendeu para Garcia uma indicação ao Oscar, inclusive.

Sobre as mudanças na nova versão, Garcia contou que gostou muito, principalmente para o seu personagem. “Ele (Vincent) é introduzido antes. A cena de abertura dele é mostrada antes na história e sua presença fica mais linear. Cenas foram tiradas também e isso foi bom porque causa surpresas, como na hora em que Vincent mata Joey Zasa”, opinou Garcia.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Ao ser questionado sobre como foi trabalhar com Al Pacino, Garcia revelou que ele foi uma grande inspiração.

“Foi uma alegria enorme trabalhar com Al, um privilégio! Ele foi uma grande inspiração para mim e para muitos atores. Quando saiu o primeiro filme ‘O Poderoso Chefão’ eu estava começando a atuar… então esse filme mudou minha vida”.

Continuando na nostalgia, o público da Thunder Arena teve o gostinho de saber como é ter um caça voando pertinho durante uma homenagem a Top Gun. Forlani comentou sobre a aguardada estreia do novo filme “Top Gun: Maverick”, que será lançado em 2021, e um vídeo de bastidores com Tom Cruise e seus recrutas foi mostrado. O encerramento do momento Paramount e da Thunder Arena foi emocionante, com uma performance de Andreas Kisser e banda tocando uma versão inédita e bem rock ‘n’ roll do hino de Top Gun, superconhecido pelos cinéfilos.


Imagem: Divulgação/CCXP

Advertisement. Scroll to continue reading.

Written By

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode ler...

Especiais

Entre os nomes convidados pelos presidentes de cada categoria estão artistas que somam uma vasta experiência e contribuição à cultura pop nacional Sim, teremos...

Especiais

CCXP Awards abre votação para eleição dos finalistas em 32 subcategorias A partir desta terça-feira (14) até o próximo dia 28, a maior premiação...

Geek

Com a expectativa de receber mais de 300 mil pessoas, CCXP 22 acontecerá entre os dias 01 e 04 de dezembro, no São Paulo...

Crítica

Em 1982, Tom Cruise pilotou caças F14 supervelozes no clássico pop “Top Gun”. Em 2022, Tom Cruise pilota caças F18 hiper velozes no aguardado...

Advertisement