Connect with us

Hi, what are you looking for?

Literatura

A vez e a voz das escritoras estrangeiras

Nas duas últimas semanas, falamos aqui das escritoras nacionais que não podem faltar em nossas estantes. Hoje, as autoras estrangeiras invadem a nossa Bookland e pedem a vez para serem apresentadas.

Das clássicas às mais modernas. Americanas, britânicas, francesas. De todas as partes. Dez nomes que fizeram – e fazem – parte da história da literatura. Contamos um pouquinho da vida e da carreira de cada uma e de suas principais obras. Se você não conhece, aproveite a oportunidade. Essa é a hora!

Advertisement. Scroll to continue reading.

Jane Austen

(16 de dezembro de 1775 – 18 de julho de 1817)

Escritora inglesa, que utilizava a ironia para descrever as personagens de seus romances. E foi exatamente isso que a colocou entre os clássicos. Utilizava o fato de pertencer à nobreza agrária como contexto para todas suas obras. Os meios acadêmicos a têm considerado uma escritora conservadora, apesar de a crítica feminina atual reconhecer uma dramatização em suas obras, a partir do pensamento de Mary Wollstonecraft sobre a educação da mulher.

Virgínia Woolf

(25 de janeiro de 1882 – 28 de março de 1941)

Advertisement. Scroll to continue reading.

Escritora, ensaísta e editora britânica. Ficou conhecida como uma das principais romancistas do século XX e também uma das figuras mais importantes do modernismo. Filha do também editor, Leslie Stephen, vivia no mundo literário desde cedo. Mas foi em 1914, aos 33 anos, que estreou como escritora com o romance “A viagem”. A partir daí as portas se abriram para sua carreira e para uma série de obras notáveis. Apesar de todo o reconhecimento e sucesso, ela lutava há anos contra a depressão. E em decorrência disso, aos 59 anos, acabou cometendo suicídio.

Simone De Beauvoir

(09 de janeiro de 1908 – 14 de abril de 1986)

Escritora, Filósofa existencialista, Intelectual, Ativista política, feminista e teórica social francesa. Lecionou em várias instituições escolares entre 1931 a 1943. Nos anos 1940 ela integrava um círculo de filósofos literatos que conferiam ao existencialismo um aspecto literário. Esteve envolvida no polêmico manifesto “A Idade da Razão” que era a retirada da idade mínima para consentimento em relações sexuais. De Beauvoir escreveu romances, ensaios, biografias, autobiografia e monografias sobre filosofia, política e questões sociais. Ficou mais conhecida por seu tratado “O segundo sexo”, uma análise detalhada sobre a opressão das mulheres.

Advertisement. Scroll to continue reading.

J.K. Rowling

(31 de julho de 1965. Hoje está com 52 anos)

Escritora, Roteirista e Produtora cinematográfica britânica. Conhecida por contar a saga do bruxinho Harry Potter, ela teve o insight para a história dentro de um trem, indo de Manchester para Londres. A partir desse dia não parou mais de escrever.

Rowling se reergueu financeiramente e alcançou uma riqueza multi-milionária em cinco anos. Ela é a autora britânica com o maior número de vendas, chegando a mais de 238 milhões de libras em livros vendidos. Os livros ganharam fama mundial e se tornaram a série literária mais vendida da história. A Warner Bros adaptou os livros para o cinema e os filmes entraram para a lista de maior bilheteria.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Chimamanda Ngozi Adichie 

(15 de setembro de 1977. Hoje está com 40 anos.)

É uma escritora nigeriana, reconhecida como uma das mais importantes jovens autoras anglófonas. É responsável por atrair uma nova geração de leitores da literatura africana. Quando completou dezenove anos, deixou a Nigéria e se mudou para os Estados Unidos. Se formou na Universidade de Connecticut, fez cursos de escrita criativa, na Universidade Johns Hopkins, de Baltimore e cursou mestrado em Estudos africanos, na Universidade de Yale.

Alice Munro 

(10 de julho de 1931. Hoje está com 86 anos)

Advertisement. Scroll to continue reading.

Escritora de contos, canadense, considerada atualmente como uma das principais em língua inglesa. Começou a escrever crônicas bem jovem, aos 19 anos. Mas foi a partir de 1976 que sua carreira se consolidou. Foi por três vezes vencedora do prêmio de ficção literária do Canadá e em 2013 ganhou o Prêmio Nobel da Literatura.

Agatha Christie

(15 de setembro de 1890 – 12 de janeiro de 1976)

Escritora britânica, romancista, contista, dramaturga e poetisa. Destacou-se no romance policial e segundo o Guiness Book, é a romancista mais bem sucedida da história da liter popular mundial em livros vendidos. Foram cerca de quatro bilhões de cópias vendidas ao longo dos séculos XX e XXI, perdendo apenas para Shakespeare e para a Bíblia. Durante sua carreira publicou mais de oitenta livros, alguns sob o pseudônimo de Mary Westmacott.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Mary Shelley

(30 de agosto de 1797 – 01 de fevereiro de 1851)

Escritora britânica, autora de contos, dramaturga, ensaísta, biógrafa e escritora de literatura de viagens. Filha de um filósofo e de uma escritora, Shelley ficou mais conhecida por seu romance gótico Frankenstein: O Moderno Prometeu, de 1818. Ela também editou e promoveu os trabalhos do seu marido, o poeta romântico e filósofo, Percy Bysshe Shelley.

Margaret Atwood

(18 de novembro de 1939. Hoje está com 78 anos)

Advertisement. Scroll to continue reading.

Escritora canadense, romancista, poetisa, cronista e ensaísta. Muitos de seus poemas foram inspirados por contos de fadas europeus e mitologias euroasiáticas. É reconhecida por inúmeros prêmios literários internacionais. Recebeu a “Ordem do Canadá”, a mais alta distinção do país. Seu nome foi incluído na Calçada da Fama de Toronto. Desde 1976, é membro fundadora do Writers’ Trust of Canada, uma organização não governamental, que atua em apoio da comunidade de escritores canadenses ou que residem no país.

Stephenie Meyer

(24 de dezembro de 1973. Hoje está com 44 anos)

Escritora americana, mais conhecida pela série Crepúsculo (Twilight), que conta a relação entre a jovem Bella Swan e o vampiro Edward. Os livros venderam cerca 120 milhões de cópias pelo mundo. A adaptação para o cinema foi lançada em 21 de novembro de 2008, nos Estados Unidos e em 19 de dezembro, no Brasil.
Graças à repercussão da série, Meyer foi classificada como 49º na lista da revista Time das “100 pessoas mais influentes em 2008.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Written By

Jornalista (com diploma), escritora metida a cronista e decoradora. Não necessariamente nessa ordem. É uma artista múltipla! Tem a arte no DNA e por isso é amante do mundo das artes. De todas as formas: Cênicas, Visuais e Plásticas. Carioca, já foi rata de praia, mas hoje prefere o inverno. É gateira de carteirinha e apaixonada por pinguins. Os livros fazem parte da sua vida e estão sempre por perto. Talvez tenha nascido no século errado porque ama o Vintage e o retrô. Adora assistir filmes e séries, sempre acompanhada por um baldão de pipoca. Torce para encontrar com o gato da Alice, pra ele indicar a estrada dos tijolinhos amarelos, que vai direto para a Fantástica Fábrica de Chocolate!!

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode ler...

Filmes

A 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo acontecerá entre o dia 22 de outubro e 4 de novembro, com uma programação majoritariamente...

Listas

Daqui a menos de 1 dia, mais uma edição de Rock in Rio começará na Cidade do Rock, na Barra da Tijuca. Durante sete dias, ficaremos ligadinhos...

Especiais

Agosto já está quase no fim, mas a Bienal do Livro começou com todo gás nesta sexta-feira (30). Pela 19ª vez no Riocentro, na Barra da Tijuca,...

Games

O primeiro GamePark do mundo é brasileiro e os gamers irão invadir o Rio de Janeiro a partir de quinta-feira (25 de julho) quando...

Advertisement