A literatura nacional vive um interessante movimento no gênero fantasia, principalmente as histórias que passam na época medieval. Talvez isso tenha relação com o sucesso de adaptação de livros como “O Senhor dos Anéis” para o cinema.  Nessa pegada, Bruno Mancini lançou em setembro de 2020 seu primeiro livro – “O Prisioneiro Número 7“. Segundo Bruno, a inspiração para escrever a história veio através dos RPGs.

O Prisioneiro Numero 7
Imagem: Divulgação/Bruno Mancini

Na trama, um rei ascende ao trono em busca de vingança. A narrativa engloba seres fantásticos, magia, deuses e uma profecia. Tudo isso num cenário épico, sangrento e cruel que une dimensões paralelas num ritmo eletrizante desde o início, quando surge o primeiro encontro de Sete com monstro. E o que todo leitor espera é saber se a vingança vai de fato se consumar. Melhor pararmos por aqui para não dar spoiler.

Em breve, a Woo! Magazine vai trazer a resenha para você. Enquanto isso, você pode ler essa história incrível e conversar conosco. O “O Prisioneiro Número 7” está disponível nas versões impressa e digital. Acesse aqui.


Imagens e Vídeo: Divulgação/Editora Viseu/Bruno Mancini


Apoia-se

Show Full Content

About Author View Posts

Avatar
Amanda Moura

Bibliotecária, doutoranda em História das Ciências, e das Técnicas e Epistemologia. Apaixonada por cinema, séries e cultura em geral. Sem Os Goonies talvez não estivesse por aqui.

Previous Resenha: Sacramento, de Marcos T. Nogueira
Next Naomi Kawase, Abel Ferrara, Jia Zhangke e mais no “Mostra Conversa”

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close