Em vários momentos da história da humanidade, até os dias de hoje, podemos listar diversos nomes que fizeram a diferença. Entre eles está Nelson Mandela. Nascido em 1918, Mandela tornou-se um ícone internacional por conta de sua luta. Trabalhando como advogado na África do Sul, sempre engajado com a política, virou um importante líder rebelde.

Por isso, sua tamanha importância não poderia deixar de chegar aos filmes. Já houveram diversas produções em que contaram um pouco sobre esse homem tão importante. Cada uma resolveu focar em diferentes momentos de sua vida. A proximidade de seu aniversário de falecimento, dia 05 de dezembro de 2013. Pensando nisso, vale a pena tirar um tempinho para conhecer mais sobre ele.

Primeiramente, podemos destacar o filme “Mandela – O caminho para a liberdade”. Lançado em 28 de fevereiro de 2014, o longa metragem conta com, aproximadamente, 2 horas e 20 minutos para tentar relatar a vida de Nelson Mandela. A narrativa é inspirada na autobiografia do ícone, que teve seu lançamento em 1994.

Dessa maneira, podemos acompanhar todo o caminho percorrido por esse homem histórico. Conhecemos sua infância na aldeia e chegamos a sua eleição para presidente da República da África do Sul. Recentemente no filme “Depois daquela Montanha”, podemos assistir a Idris Elba assumir o papel de Mandela nesse filme.

Boa parte do filme é focado em seus anos na prisão. Mandela virou réu por traição e, junto a alguns de seus companheiros, foi preso e acusado por tudo aquilo que defendia. Para suportar o longo tempo trás das grades, ele busca encontrar maneiras para sobreviver ali dentro. Enquanto isso, sua esposa e filha também começam a se engajar no movimento político ao longo desse período. Sua crença e luta contra o regime do apartheid fizeram-no passar 27 anos de sua vida em cárcere.

Outro famoso e importante filme sobre a história de Mandela é “Invictus”, com direção de Clint Eastwood e lançado em 2009. O filme conta com diversos nomes importantes em seu elenco, como Morgan Freeman e Matt Damon. A produção alcançou um grande sucesso e é considerado um dos melhores filmes sobre esse ícone.

A narrativa começa na época em que Mandela foi eleito presidente do país. No entanto, mesmo com o fim do Apartheid, o político percebe a característica racista ainda presente como um traço marcante na população. Além disso, precisava lidar com as diferenças e fortes problemas econômicos. Pensando em soluções, o longa metragem mostra como Mandela usou da Copa do Mundo de Rúgbi, sendo sediada na África do Sul, como uma maneira de unir o país. Para completar sua ideia e ser colocada em prática, o presidente incentiva o capitão da equipe nacional a levá-los a chegar ao pódio de primeiro lugar.

É interessante ressaltar que o ator Morgan Freeman ao lado da produtora do filme, Lori McCreary, foram pessoalmente visitar Mandela na época anterior ao início das filmagens para pedir sua benção para a produção. Além disso, o próprio homenageado no longa metragem, Mandela compartilhou que só poderia ser interpretado por Morgan Freeman.

E ainda, precisa ser ressaltado o papel de Matt Damon na pele do treinador, Francois Pienaar, da equipe de rúgbi sul-africana. O ator pediu ajuda ao próprio e real Francois para compor seu personagem o mais próximo da realidade possível. Diversas informações sobre o esporte, maneira de treinar e intrusões foram passadas para Damon. Além disso, o profissional participou e fez diversos treinamentos de rúgbi para entrar no espírito do filme.

Obviamente, além desses dois há outras diversas produções sobre a história de Mandela, desde documentário até filmes biográficos. Por isso, vale a pena separar e conhecer um pouco mais sobre. Já pode deixar essas duas dicas anotadas para assistir!


Por Gabi Fischer