13 de dezembro de 2019

Tempo decorrido não vai para o plural

18 de outubro de 2017

Em atraso. Vamos fazer em linha reta, ok?! Ok! Só se pede desculpas quando se tem culpa de algo. Então faz um favor? Cale a …

Crônica: Poema em linhas tortas

30 de agosto de 2017

Faça cara daquilo que você não sente Ontem foi: 12 de março de 2010   Tempo decorrido não vai para o plural.   Em atraso. …

Resenha: Gravidade Zero

7 de julho de 2017

Para os que adoram um livro de poesia, com certeza “Gravidade zero” é para você. Se não gosta, pode ter certeza de que também é. A poesia …

Obrigada, querida Frida

15 de abril de 2017

Nas dificuldades, resolveu viver com intensidade. Se eleva Permita-se. Sofreu o que quase ninguém aqui pode imaginar Tirou dos infortúnios seu valor maior. Nasceu possível …

Tão moderno quanto líquido

8 de abril de 2017

Eu não devo criar expectativa Afinal, ninguém é obrigado Porém, não há quem tire o sossego de um bom sentimento no peito Não existe Werther …

Sem Fronteiras

18 de fevereiro de 2017

Sociedade está em caos Eu vim pacificar O Trump esbravejou “Imigrantes, aqui não é lugar!” Quantas vezes falaremos Que a árvore não pode ter fronteira …

Voando de Volta para Casa

11 de fevereiro de 2017

Acompanhei uma águia Pousou ali num galho Perdida como eu Aqui não há nada pra ela E nem pra mim. Como ela, o tempo voa …

Cena aberta

15 de novembro de 2016

Abriu a porta, o silêncio o recebeu: Bem vindo! lhe disse a solidão. Do passado, um abraço apertado, Um beijo, um sorriso, um afago. Cenas …

O poeta, o amor e a entrega

10 de novembro de 2016

Escrevo em primeira pessoa para narrar minha experiência;  numa tentativa de externar o que sinto pelos poemas, pelos poetas. Sem termos técnicos ou teorias,  aqui …

Drummond: o soluço de vida que rebenta de cada verso é imortal

31 de outubro de 2016

Carlos Drummond de Andrade nasceu em 31 de outubro de 1902, em Itabira Minas Gerais- cidade que influenciou sua obra. Seus primeiros trabalhos foram publicados …

Tá No Ponto?!

14 de outubro de 2016

A primeira vez que estive no Sarau Tá No Ponto, foi por indicação de um amigo poeta, Fillipe Henrique. Sentei às 19 horas e 20 …

Aos poetas, meus mais sinceros agradecimentos

7 de outubro de 2016

Meu consolo diante da escrita, é que os poetas que ouço ou que ouvirei falar sobre suas obras ou comportamentos pervertidos, só foram ou serão …

Close
Close