Tem aqueles filmes que ficam gravados na memória e que fazem refletir sobre tudo, seja pela história emocionante, pelo tema ou pelos personagens. Aproveitando esse ritmo de fim de ano, segue uma lista com dicas de 4 filmes que irão mudar a sua vida.

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (2001)Filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

 “O Fabuloso destino de Amélie Poulain” é o tipo de filme que faz o espectador enxergar o mundo com um olhar diferente. Com sua narrativa singular, ele dá algumas lições sobre propósitos e perspectivas de vida. O roteiro de uma forma bem sensível mostra as transformações pela qual a personagem principal passa ao longo da trama. Um dos aprendizados do longa é que é preciso se arriscar mais para ir em busca da felicidade. Amélie também ensina a importância de se apreciar as coisas simples da vida e de prestar atenção nos detalhes. A frase mais famosa do filme diz muito sobre tudo: “Les temps sont durs pour les rêveurs” (“Os tempos são difíceis para os sonhadores”). A última lição diz que a vida não é fácil para aqueles que ousam sonhar, mas que nem por isso devemos desistir. A belíssima atuação de Audrey Tautou contribui para que seja ainda mais emocionante. Outros pontos altos ficam por conta da direção de fotografia e da trilha sonora.

Na Natureza Selvagem (2007)

É uma viagem de redescobertas sobre o sentido da vida. O filme é uma adaptação do livro “Into The Wild” (“Na Natureza Selvagem”), de John Krakauer. Escrito e dirigido por Sean Penn, o longa conta a história de um jovem que decide viajar sem rumo pelos Estados Unidos. Durante essa jornada, Christopher McCandless (Emile Hirsch) conhece pessoas que mudam a sua vida e, ao mesmo tempo, a sua presença também modifica as delas. O filme aborda a solidão do personagem principal como uma jornada de aprofundamento pessoal. E é por meio desse isolamento que Christopher descobre quem ele é. “Na Natureza Selvagem” reserva muitas surpresas e emoções. E, mais do que isso, o longa encanta o espectador com a fotografia que capta as paisagens de um jeito bem singular. Pontos que merecem destaque são a trilha sonora, assinada por Eddie Vedder, e a atuação de Emile Hirsch.

Capitão Fantástico (2016)

Sabe aquele filme de tirar o fôlego? Então, “Capitão Fantástico” é exatamente assim. Logo no começo, o longa já demonstra o impacto que pretende  causar. Pode ser que o espectador demore a compreender o seu propósito e fique um pouco na dúvida com toda a mensagem que ele passa. Mas a verdade é que a trama consegue abordar temas considerados polêmicos de forma bem sensível. Através do estilo de vida dos personagens principais, o filme dá ótimas lições sobre o preconceito com o que é diferente, além de quebrar com os padrões estabelecidos pela sociedade. O elenco faz um trabalho impecável e consegue dar conta de contar a história do filme. Merece destaque também o figurino, a cenografia e a paleta de cores que ajuda a marcar ainda mais a mensagem que o longa quer passar.

Histórias Cruzadas (2011)

Filme Histórias Cruzadas

O filme retrata o lado das empregadas negras nos Estados Unidos durante a luta pelos direitos civis. Com um cenário histórico e político bem forte, o longa sai do óbvio e procura por um olhar mais intimista ao se aprofundar  nas questões pessoais de cada personagem. É a partir dos sentimentos, da amizade e do companheirismo entre os personagens que o filme consegue emocionar e envolver o espectador. Inspirado no best seller “The Help” (“A resposta”), o diretor e roteirista Tate Taylor extrai o que há de melhor do elenco. Viola Davis, como sempre brilhante, é responsável pelos momentos mais sofridos do filme. Emma Stone, Octavia Spencer e Bruce Dallas Howard fizeram um trabalho magnífico.


Por Larissa Marques