Connect with us

Hi, what are you looking for?

Literatura

Halloween, finados e dia de muertos: dicas de livros para aterrorizar

Hey Booklanders, nossa coluna de hoje vem mais que especial. E sabem o porquê? Amanhã é feriado (uhuu!), e ontem foi Halloween. E nós, que gostamos de juntar tudo numa coisa só, vamos colocar dicas e cultura juntinhas numa mesma panela. Então?! Prontos para verem esse caldeirão fervilhar?

O halloween é comemorado (bem mais) nos Estados Unidos. Nessa época do ano crianças (jovens e adultos também) saem em busca de doces e travessuras. As ruas são enfeitadas com abóboras, caveiras, muito sangue (que esperamos ser artificial) e uma infinidade de pessoas fantasiadas com os mais macabros seres. Reza a lenda que nessa época do ano, os espíritos dos mortos têm passe livre para o nosso plano. E é com muita alegria – e um quê de medinho – que vemos os exageros de filmes de terror na televisão.

Advertisement. Scroll to continue reading.

E, ainda que não seja tão popular quanto o halloween, o feriado de amanhã – finados – também é motivo de festa e alegria em alguns países da América Latina. No México, por exemplo, comemora-se (sim, comemoração regada a comida e muita tequila) El día de los muertos. Bem parecido com algumas características da festa do seu vizinho americano, o dia dos mortos esbanja nas flores de cor laranja, e nas fantasias.

As pessoas homenageiam seus entes queridos – aqueles que já fizeram a passagem – com verdadeiros banquetes em cemitérios, lugar onde há muita música e muita alegria. E prestam também seus tributos a Katrina, a responsável por receber todas as almas do lado de lá.

E no Brasil? Aaaahh… no Brasil a gente pega um pouco daqui, um pouco dali e bebe da fonte dos dois países. Afinal, o que importa é a festa. No entanto, até este momento somos meros expectadores das comemorações alheias. Nosso feriado de finados ainda é bem triste e melancólico (e sempre chove, vocês já repararam?). Então, para não ficar por baixo apenas admirando a grama do vizinho, separamos algumas obras para que vocês se divirtam e, claro, sintam um pouquinho de medo também.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Aqui na Woo! Magazine nós já fizemos algumas resenhas de livros assustadores, e é sempre bom dar aquela reavivada na memória. Afinal, tudo que é bom…

Amityville:

Baseado em fatos reais, o livro – que virou filme(s) – conta a história de uma família que é assombrada por um espírito demoníaco que habita a mansão que dá nome a obra. Ah! E querem algo mais assustador do que a típica frase: “Baseado em fatos reais” ?! É ler para crer.

Ed e Lorraine Warren: Demonologistas:

Daquelas obras que também são baseadas em fatos verídicos, a narrativa conta os relatos das aventuras macabras vividas por esse casal corajoso da po***. Inclusive, a edição é tão bonita que vem com um brindezinho. Um retrato da verdadeira (e fofa) Annabelle. Tudo que você queria na sua casa.

Advertisement. Scroll to continue reading.

A trilogia de Bill Hodges:

Porque é óbvio que não podia faltar o mestre do terror aqui. Stephen King não é só um homem feitos de “It”’s. Acreditem, Mr. Mercedes, Achados e Perdidos e O Último Turno, fazem parte daquele terror psicológico que você simplesmente não consegue parar de ler.

Mas existe vida fora da Woo!, E o que não está aqui, nós trazemos para vocês. Logo, continuando nossa listinha aterrorizante, temos:

Sementes no Gelo (de André Vianco):

Mas nunca, nesse mundo inteiro que iríamos deixar nosso mestre do terror brasileiro de fora. André Vianco, especialista em romances vampirescos, foge do clichê ao escrever Sementes no gelo. Um livro curto (174 páginas), que conta a história do detetive Tânio, um homem cheio de problemas que se vê envolto em um mistério assustador. Muito assustador!! Crianças fantasmas?! Hum… vale muito a pena dar uma chance essa obra.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Psicose (de Robert Bloch):

Quem que nunca ouviu falar do esquisito e problemático Norman Bates? Clássicos, senhores… clássicos. Bloch trouxe nessa história o chavão dos hotéis (sinistros) de beira de estrada. Junte isso a um solitário homem que sofre de transtorno dissociativo de personalidade. E em determinados momentos, Norman passa a assumir a personalidade de sua mãe. Qual é o resultado?

Contos de Terror e Suspense: (Edgard Allan Poe):

Oito contos de terror reunidos em uma edição belíssima de capa dura. E é Poe, né, Booklanders… o cara é um clássico na arte de assustar. Vale apena! Edição de colecionador.

(…)

Advertisement. Scroll to continue reading.

Se formos continuar nossa lista, ficaríamos aqui até o dia das bruxas do ano que vem. E como a gente gosta de deixar aquele gostinho de quero mais, jogamos a bola para vocês.

Qual foi o seu livro de terror que não entrou nessa lista?

Advertisement. Scroll to continue reading.
Written By

Érica nasceu no subúrbio do Rio de Janeiro, mas deveria ter nascido nesses lugares onde se conversa com plantas, energiza-se cristais e incenso não é só pra dar cheirinho na casa. Letrista na alma, e essa bem... é grande demais por corpinho de 1,55 que a abriga. Pisciana com ascendente E lua em câncer. Chora quando está feliz, triste, com raiva e até mesmo com dúvida. Ah! É uma nefelibata sem cura.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode ler...

Listas

O Halloween é uma data mais que especial para relembrar algumas bruxas que amamos, e outras que não amamos tanto assim. Confira nossa lista...

Filmes

Gostosuras ou travessuras assustadoras na Netflix Para encarar o Halloween, nada melhor do que maratonar uns bons filmes de terror debaixo das cobertas e...

Listas

Faixas matadoras para balançar o esqueleto nesse Dia das Bruxas É Halloween e listamos aqui 14 faixas que não podem faltar na sua playlist...

Filmes

Segundo o site JoBlo, o clássico de John Carpenter, baseado no romance de Stephen King, “Christine: O Carro Assassino” terá um remake pelas mãos...

Advertisement